NEGÓCIO

7 dicas para usar a crise a seu favor e vender muito online

O especialista em marketing digital Lucas Leite revela os segredos para conseguir apesar da crise seguir vendendo e usar as redes sociais e a tecnologia digital ao seu favor.


Internet

Internet Foto: Agência Brasil

Ao longo do tempo, o processo de compra e venda passou por inúmeras transformações devido aos avanços tecnológicos, que nos levou a estar inseridos na cultura da velocidade e do imediatismo, acompanhando o avanço da infovia. Hoje com a emergência da covid-19, mais uma vez o setor de serviços e comércio precisou se reinventar, desta vez praticamente de um dia para o outro, representando uma das maiores revolução da história recente.

O especialista em marketing digital e CEO da Vende Muito Brasil, Lucas Leite, revela porque a covid-19 forçou os profissionais de diversos ramos de atuação a migrar para o digital: "neste momento onde todos estão na mesma situação, procurando meios de vencer a pandemia e o isolamento, o relato de experiência e as redes sociais tomaram o protagonismo. Logo, necessitamos de uma experiência combinada — navegar pelos e-commerces, analisar ofertas nos ambientes online e offline, acessar aplicativos e, principalmente, nos identificar com as marcas (e não apenas com os produtos)."

Isolamento x Acessibilidade

Com o distanciamento social e o isolamento, chegando a ser um lockdown (quando todos os serviços fora os essenciais são totalmente paralisados) em algumas cidades mais afetadas pelo vírus, Lucas Leite faz um contraste em como é preciso apesar de encerramento de estabelecimentos e lojas físicas se tornar virtualmente mais presente na vida das pessoas: "É primordial interagir e se fazer acessível com o seu público, que está ávido por esta interação já que está sofrendo com o isolamento — e a maneira mais fácil de realizar isso é pelas redes sociais. Assim, para vender mais, é preciso ir além: estar presente em todos os canais possíveis (e adequados), acompanhar de perto o comportamento do cliente e compreender os seus desejos."

Dicas para vender muito na crise

Confira as dicas de Lucas Leite para vender muito na crise e manter os negócios em alta apesar da pandemia:

1. Promova conteúdos compartilháveis

Mais do que buscar seguidores, é necessário tornar a sua página interessante, um espaço com conteúdos atraentes e engajadores. Afinal, é isso que conquistará fãs e consequentemente clientes para o seu e-commerce.

Para que a sua página seja atrativa e não apenas um monte de publicidade que as pessoas não terão interesse nenhum em ler, tenha em mente a Lei do Pareto (80/20): para cada dois posts de produtos e divulgação da marca, crie outros oito com intuito de apenas informar e interagir. Publique imagens com frases motivacionais (especialmente às segundas-feiras), dicas de como usar o produto X ou, ainda, alguma novidade sobre o seu nicho.

2. Integre

Aproveite a oportunidade de divulgar e vender os produtos da sua loja virtual no marketplace do Facebook ou do Instagram. Se a plataforma do seu e-commerce possui integração com essa rede social, melhor ainda. Você conseguirá, por exemplo, controlar o estoque e as formas de pagamento de uma só vez.

3. Invista em publicidade paga e impulsionamento

O Facebook e o Instagram oferecem a possibilidade de impulsionar suas publicações por meio de anúncios pagos. As campanhas são segmentadas por idioma, localidade, gênero, idade e interesses, e você pode definir o investimento que cabe no seu bolso.

Essa é a chance de alcançar um público ainda maior, veiculando produtos, conteúdos e, principalmente, direcionando novos usuários para a home do seu e-commerce.

4. Seja criterioso com as imagens que posta

Uma imagem vale mais que mil palavras, certo? Então, saiba utilizá-las a seu favor. Por meio de fotos, mais que produtos, mostre um estilo de vida que se relacione à sua marca.
Capture cenas exclusivas, reações espontâneas e momentos descontraídos da sua equipe.
Publique fotos de making of, fabricação de produtos (caso você desenvolva isso no seu e-commerce) ou até eventos já realizados.
5 - Inspire
Inspire! Esse é um dos principais focos de redes sociais como o Instagram. Através dela, você deverá despertar o desejo no consumidor e fazê-lo crer que a sua marca e o seu produto proporcionarão qualidade de vida e felicidade.
6 - Use hashtags
Não deixe de agregar hashtags (#) às suas fotos — serão essas palavras-chave que te levarão a um hall de marcadores de conteúdo, indicando um contexto pré-estabelecido.
7. Faça bom uso do Stories
No Stories, você poderá reforçar a jornada do seu negócio por meio de storytelling.
Tal abordagem tem como objetivo destacar os momentos que realmente representam a sua marca, como mudanças no ambiente de trabalho, novidades no e-commerce ou na estratégia dele.

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Fabiano Abreu

Fabiano Abreu

Fabiano de Abreu é psicanalista, jornalista, escritor, filósofo e poeta luso-brasileiro. Detém o prêmio do jornalista que mais criou personagens na história da imprensa internacional. Lançou o livro ‘Viver Pode Não Ser Tão Ruim’ no Brasil, Portugal e Angola. Membro da Mensa (número: 1625BR) , associação de pessoas mais inteligentes do mundo, foi constatado com o QI percentil 99 sendo considerado um dos maiores do mundo. Registro 0.0543 0 Sociedade Brasileira de Psicanálise Clínica e CBPC. Registro Intel Reseller Tecnology - Especialista em tecnologia: 10381444. Registro FENAJ: 0035228/RJ. Registro Internacional: BR16791.

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete