Car Mais
CAR MAIS

No embalo da novidade

Confira as novidades do mundo automobilistico


Fiat Strada

Fiat Strada Foto: Divulgação

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), agosto mostrou uma recuperação ainda maior na venda de carros e de comerciais leves do que o registrado no mês anterior. 

Foram emplacadas em agosto 173.544 unidades nos dois segmentos com maior volume de vendas sobre quatro rodas, representando um aumento de 6,42% sobre julho. Em comparação ao mesmo mês do ano passado, porém, a pandemia do coronavírus continua mostrando suas “garras”, com uma queda de 24,77%. 

No acumulado de janeiro a agosto, foram comercializadas 1.099.862 unidades de automóveis e comerciais leves, um recuo de 35,75% ante o mesmo intervalo do ano passado, o que pode ser considerado como natural devido à pandemia da Covid-19 prejudicando seis meses de vendas até agora em 2020. 

No ranking dos veículos, a nova Fiat Strada mostrou uma arrancada vigorosa em agosto e superou o Hyundai HB20 na briga pela segunda posição no mês passado. A liderança voltou para o Chevrolet Onix, com 10.609 emplacamentos no oitavo mês do ano, embora o hatch compacto da fabricante norte-americana ainda esteja vendendo pouco mais da metade da média mensal que tinha antes da pandemia.

 A picape da Fiat teve 8.690 unidades emplacadas em agosto (com 38.102 no acumulado do ano), seguida pelo HB20 (8.489), pelos Volkswagen Gol (7.912) e T-Cross (6.455), que tinha ficado em primeiro no mês anterior, pelo Fiat Argo (6.040), pelo Chevrolet Tracker (5.899), pelos Jeep Compass (5.221) e Renegade (5.211) e pela Fiat Toro (4.824). 

Os líderes gerais no acumulado do ano são o Onix, com 80.587 unidades vendidas, seguido do HB20, com 49.184 emplacamentos de janeiro a agosto. Entre os utilitários esportivos, o T-Cross lidera no ano com 37.260 vendas, seguido pelo Renegade (30.655).

No “Top Ten” das fabricantes, a Volkswagen apareceu em primeiro em agosto, com 34.124 vendas nos dois segmentos e uma participação de 19,66%, à frente da Fiat (31.365 e 18,07%), da General Motors (28.792 e 16,59%), da Hyundai (16.025 e 9,23%), da Toyota (11.553 e 6,66%), da Jeep (10.465 e 6,03%), da Ford (10.230 e 5,89%), da Honda (7.323 e 4,22%), da Renault (7.032 e 4,05%) e da Nissan (4.775 e 2,75%). No entanto, a liderança entre as montadoras é da FCA, que teve 41.830 emplacamentos e uma participação de 24,10% somando as vendas da Fiat e da Jeep.
Ford TerritoryDemanda inicial

A Ford comemora o sucesso da pré-venda do Territory, novo SUV que teve o lote de lançamento com duzentas e cinquenta unidades comercializadas em pouco mais de duas semanas. A marca conseguiu também antecipar a data de entrega, que estava prevista para o final de setembro, e já iniciou o faturamento das primeiras unidades. “A aceitação do Territory foi muito boa, mesmo antes do início da campanha de lançamento.

 É um veículo fantástico, que se diferencia principalmente nos aspectos de espaço interno, conectividade, tecnologia embarcada e acabamento. E quem não aproveitou a pré-venda continua a dispor das melhores condições de financiamento e seguro, dois pilares que garantem o baixo custo de posse do veículo”, afirma Antonio Baltar Jr., diretor de Vendas da Ford. 

A marca norte-americana continua a disponibilizar para o Territory condições de financiamento que permitem buscar a melhor solução financeira. “Oferecemos as melhores taxas do mercado e planos que se adequam ao orçamento do cliente, com a inovação de parcelas pela metade até fevereiro de 2022 e a possibilidade de incluir o valor da blindagem no financiamento”, completa Baltar Jr.. 

O Territory está disponível em duas versões, SEL, com preço de R$ 165.900, e Titanium, por R$ 187.900, ambas com motor 1.5 turbo EcoBoost GTDI a gasolina, de 150 cavalos, e transmissão automática CVT com trocas manuais de 8 marchas simuladas.
Nissan Versa mexicanoNova versão

Confirmado para chegar ao Brasil até o final deste ano, o totalmente renovado Nissan Versa já está sendo produzido na fábrica da marca japonesa em Aguascalientes, no México, com as especificações para o mercado brasileiro. 

Além da nova geração do sedã compacto, a unidade industrial de Aguascalientes A1 produz o Kicks e o March. O novo Versa tem design inteiramente repaginado, seguindo o conceito batizado de “Geometria Emocional”, e vem repleto de equipamentos de conforto e segurança. 

O modelo se posicionará em uma faixa superior de segmento, ampliando a presença da marca, e conviverá com a geração atual do sedã, produzida no Brasil e que, para isso, terá seu nome alterado para “V-Drive”. Informações sobre versões e lista de equipamentos do novo Versa serão reveladas no lançamento do modelo.
Volkswagen T-Cross Sense PcDFaixa especial

Sucesso de vendas entre o público PcD (Pessoa com Deficiência), o Volkswagen TCross Sense chega à linha 2021 com uma série de novidades, entregando ainda mais conforto, comodidade e praticidade aos clientes. 

Produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR), o modelo referência em espaço, design e performance custa R$ 69.990 e está disponível para pré-reserva nas concessionárias. “O TCross é um sucesso entre o público PcD, por reunir espaço interno, praticidade, performance e uma lista de equipamentos de série bastante recheada.

 Não por acaso, a versão Sense contribuiu para fazer o TCross o primeiro SUV, na história do mercado brasileiro, o carro mais vendido em um único mês no ranking geral”, explica Gustavo Schmidt, vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen América Latina. 

O TCross Sense é equipado com motor de três cilindros 200 TSI Total Flex com injeção direta de combustível e turbo alimentado, que entrega até 128 cavalos e 20,4 kgfm de torque, totalmente à disposição de 2 mil a 3.500 rpm. Nessa configuração, a transmissão é sempre automática de 6 marchas (conversor de torque), com opção de trocas manuais pela alavanca (Tiptronic).
 Ford Team Fordzilla P1Aceleração virtual

Na abertura da “Gamescom 2020”, um dos maiores eventos de jogos eletrônicos do mundo – realizada em Koelnmesse, Colônia, na Alemanha –, a Ford apresentou o primeiro veículo projetado por uma fabricante de automóveis em parceria com “gamers”: o “bólido” de corrida virtual Team Fordzilla P1. 

Desenvolvido sob o código Projeto P1, o veículo foi criado com os votos de fãs no Twitter. Os jogadores definiram aspectos como a posição do banco, o estilo do “cockpit” e o sistema de transmissão, antes que os designers da Ford elaborassem a forma final. 

Dois projetos entraram na votação, que contou com a participação de mais de 250 mil internautas, e o carro de Arturo Ariño, designer de exteriores da Ford, foi escolhido, com 83,8%. Inspirado no Ford GT, o design de Ariño tem itens exclusivos como a tecnologia de metamorfose da carroceria para oferecer a estabilidade de um carro longo nas retas de alta velocidade de Le Mans ou mais curto para circuitos travados como o de Mônaco.

 A Ford informou que está em discussões avançadas com um grande desenvolvedor de jogos para introduzi-lo em um game popular de corrida em 2021. “O Projeto P1 me levou ao começo de tudo.

 A razão pela qual me tornei um designer de automóveis, em primeiro lugar, foi projetar algo que nunca tinha sido visto antes e que extrapolasse os limites. Esse veículo terá um visual deslumbrante e, embora leve o jogador aos limites dos reflexos, também será extremamente gratificante de se dirigir”, comemorou Ariño.
 BMW i3Futuro na esquina

O projeto de pesquisa “Bidirectional Charging Management” (BCM) está explorando tecnologias seguras e convenientes que podem ser oferecidas aos motoristas de veículos elétricos no futuro. 

Muitas empresas e instituições dos setores automotivo e de energia, bem como do mundo da ciência, estão participando desse projeto, previsto para durar três anos, sob a liderança do BMW Group. O projeto tem como principal objetivo permitir aos clientes fornecer energia dos seus próprios veículos à rede elétrica, suprindo a demanda da matriz energética. 

No Brasil, já é possível aderir à tarifa branca e pagar um preço diferenciado, dependendo do horário de consumo. É possível ainda se obter créditos na conta residencial com o fornecimento de energia elétrica. Futuramente, os proprietários de veículos elétricos poderão carregar o carro durante a madrugada a baixo custo e fornecer energia no horário de pico, podendo eliminar seu custo com energia elétrica ou mesmo obter lucro.

 O BMW Group tem experiência de um outro projeto-piloto, na Alemanha, testando o carregamento de veículos elétricos durante os períodos em que quantidades suficientes de eletricidade “verde” são alimentadas na rede. Já na Califórnia, o BMW Group desenvolveu o gerenciamento de carregamento inteligente, orientado à demanda e à rede elétrica, com trezentos veículos “verdes”, por vários anos.
 acessórios Mopar para a Fiat StradaCaçamba personalizada

Para ressaltar as qualidades da nova Strada, a Mopar – em parceria com a agência Leo Burnett TM – produziu um filme que exibe a versatilidade dos mais de cinquenta acessórios desenvolvidos para a picape compacta da Fiat. O filme foi criado para ser compartilhado internamente com a rede de concessionárias e publicado nos canais oficiais da FCA nas redes sociais.

 Com 90 segundos de duração, o vídeo apresenta por meio de diversos efeitos digitais toda a polivalência da nova Strada. 

Atenta ao comportamento dos clientes de um segmento de mercado no qual a personalização tem papel destacado, a Mopar mostra como a bolsa e o extensor de caçamba, a capota marítima, o engate de reboque removível e outros destaques do portfólio de acessórios valorizam as características do carro e facilitam o dia a dia dos clientes. “Nós, da Mopar, temos como objetivo principal sempre surpreender o cliente. 

Criamos produtos que valorizam ainda mais o design e a funcionalidade da própria picape”, explica Luís Santamaria, diretor da Mopar para a América Latina. Dos cinquenta acessórios para personalizar a Strada, metade é inédita para o modelo. Muitos já fazem sucesso na Toro e agora estão disponíveis para a picape mais vendida do Brasil. 

Entre as novidades estão estribos laterais, santantonio, engate reboque removível, divisor de caçamba, suporte de bicicleta, bolsas de caçamba vertical e horizontal e suportes para escada e interno de estepe. Os acessórios originais Mopar contam com garantia de um ano.

Fonte: Automotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião: