POLÍTICA

Propaganda mente ao dizer que Ciro assina ordem de serviço para obra em Piripiri

Senador aparece na propaganda ao lado do prefeito Luiz Menezes, do deputado estadual Marden Menezes e do diretor do Dnocs


Propaganda divulgada nas redes sociais do senador

Propaganda divulgada nas redes sociais do senador Foto: Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais em forma de propaganda do senador Ciro Nogueira em parceria com o prefeito Luis Menezes, diz que o parlamentar assinou ordem de serviço para obras de recuperação das barragens dos açudes Caldeirão e Anajás.

A peça publicitária só serve mesmo para fins políticos, porque traz pelo menos uma informação inverídica em seu conteúdo: senador não assina ordem de serviço de obras. Essa é uma função exclusiva do Poder Executivo. Senador é para legislar. No máximo, o senador assina este tipo de documento como testemunha, pro forma, que significa “por pura formalidade, sem sinceridade, apenas para manter as aparências”.

Os açudes Caldeirão e Anajás são de suma importância para vários municípios da região de Piripiri. As verbas parlamentares destinadas a obras nas barragens são extremamente bem vindas aos municípios. No entanto, parlamentares sempre se utilizam dessas verbas públicas para fazer propaganda política dos seus mandatos.

Na propagando do senador sobre as obras dos açudes de Piripiri ele mesmo diz que colocou recursos de suas emendas parlamentares no valor de R$ 223 mil para obras no Açude Anajás e não no Caldeirão, como diz o início da propaganda. O texto também diz que o prefeito Luis Menezes agradeceu ao senador pela destinação de recursos ao seu município.


Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

LUIZ BRANDÃO

LUIZ BRANDÃO

Luiz Brandão é jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí. Está na profissão há mais de 35 anos. Já trabalhou em rádios, TVs e jornais. Foi repórter das rádios Difusora, Poty e das TVs Timon, Antares e Meio Norte. Também foi repórter dos jornais O Dia, Jornal da Manhã, O Estado, Diário do Povo e Correio do Piauí. Foi editor chefe dos jornais Correio do Piauí, O Estado e Diário do Povo. Atualmente é diretor de jornalismo do portal www.piauihoje.com

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete