Ciência & Tecnologia

WhatsApp: Hackers podem monitorar rotinas com status

Brecha ocorre mesmo se o usuário desativar a função que indica horário do último acesso do aplicativo
Fonte: UOL | Editor: Redação 11/10/2017 08:47
Whatsapp WhatsappFoto: Reprodução

Mesmo que você não utilize a função do WhatsApp que revela a última vez que o aplicativo foi acessado, uma brecha consegue apontar para hackers a frequência de uso dos usuários do mensageiro.

O engenheiro de software Rob Heaton revelou que apenas o 'status online' já pode revelar para hackers quando o aplicativo foi acessado pela última vez - ou seja, a rotina pode ser monitorada mesmo que o usuário desabilite a função mostra o último acesso para seus contatos.

O especialista alerta que esta brecha poderia fornecer dados da rotina dos usuários como a hora que acorda, o horário de dormir e, até mesmo, identificar os contatos "favoritos".

Heaton publicou o alerta em seu site e, para comprovar sua teoria, engenheiro mostrou como uma simples extensão do Chrome acompanhada de 4 linhas da linguagem de programação Javascrip podem registrar e acompanhar as atividades do dia a dia dos usuários do aplicativo.

Comentários

Matérias Relacionadas