Política

Wellington vai a Curitiba acompanhar depoimento de Lula

Governador e outras lideranças vão levar solidariedade ao ex-presidente
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Paulo PIncel 07/05/2017 11:38
Governador do Piauí, Wellington Dias (PT) Governador do Piauí, Wellington Dias (PT)Foto: Paulo Pincel

Companheiros de Partido dos Trabalhadores e amigos de longa data, o governador do Piauí, Wellington Dias -, como outras lideranças petistas que já confirmaram presença -, vai a Curitiba na próxima quarta-feira (10) acompanhar o depoimento do ex-presidente da República Luis Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro, na ação penal referente ao triplex no Guarujá que teria sido pago pelo esquema de propina montado na Petrobras.

Como são esperadas manifestações em apoio e contra Lula no dia do depoimento, um forte esquema de segurança foi montado em Curitiba durante o depoimento do ex-presidente. Somente as pessoas diretamente envolvidas nas investigações vão ter acesso ao prédio da Justiça Federal.

Por decisão da juíza federal e diretora do Foro, Gisele Lemke, fica suspenso o atendimento ao público neste dia. A juiz explicou que a medida visa “garantir a segurança do público interno e externo”.

A íntegra da decisão:

04/05/2017 – Portaria 744 de 03/05/2017: Direção do Foro suspende prazos processuais e atendimento ao público da JF em Curitiba dia 10 de maio de 2017
Portaria nº 744, de 03 de maio de 2017.

Dispõe sobre o expediente na Subseção Judiciária de Curitiba no dia 10 de maio de 2017.

A JUÍZA FEDERAL DIRETORA DO FORO DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO PARANÁ, usando das atribuições que lhe são conferidas,

CONSIDERANDO a realização da audiência de interrogatório do senhor Luiz Inácio Lula da Silva, nos autos da Ação Penal nº 5046512-94.2016.4.04.7000, designada para o dia 10 de maio de 2017 às 14h, a ser realizada pelo Juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba,

CONSIDERANDO a notícia de diversas mobilizações de movimentos sociais nas imediações dos prédios da Justiça Federal,

CONSIDERANDO as medidas que estão sendo adotadas pela Polícia Militar do Paraná e Polícia Federal para garantir a segurança nas imediações dos edifícios da Justiça Federal,

CONSIDERANDO a necessidade de garantir a segurança do público interno e externo,

RESOLVE:

Art. 1º Suspender o atendimento ao público e os atos e prazos processuais dos demais processos no âmbito da Subseção Judiciária de Curitiba, no dia 10 de maio de 2017.

Art. 2º. Os edifícios Manoel de Oliveira Franco Sobrinho (sede Cabral) e Milton Luiz Pereira (sede Centro) permanecerão fechados durante todo o dia, impossibilitando o acesso de magistrados, servidores, estagiários e terceirizados.

§1º O acesso ao edifício Manoel de Oliveira Franco Sobrinho (sede Cabral) somente será permitido às pessoas diretamente envolvidas com a realização e apoio da audiência supramencionada, devidamente autorizadas pela Direção do Foro, conforme lista a ser encaminhada à Polícia Militar do Estado do Paraná.

Art. 3º. Eventuais casos de urgência deverão ser encaminhados ao plantão judicial.

Art. 4º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PUBLIQUE-SE. REGISTRE-SE. CUMPRA-SE.

Gisele Lemke
Juíza Federal Diretora do Foro

Comentários