Municípios

Wellington entrega títulos de regularização de terra em Nova Santa Rosa

A ação aconteceu durante a sua visita a 10° Exposoja, no Distrito de Nova Santa Rosa em Uruçui, nesta sexta-feira (12).
Fonte: Governo do Estado | Editor: Redação 13/05/2017 09:40
Governador entrega título de regularização Governador entrega título de regularizaçãoFoto: Francisco Gilásio

O produtor Ademir Schimmtt não escondeu a alegria de estar com a titularidade das suas terras em mãos. "Essa vai ser a nossa garantia perante as entidades financeiras para conseguirmos a liberação de crédito para investirmos na nossa produção, melhorando a tecnologia utilizada e com certeza melhorando a nossa produção, gerando capital e também mais empregos", enfatizou.

Rafael Bianchini, que já reside e produz na região há aproximadamente 12 anos, também falou da satisfação em receber do Governo do Estado o título da sua terra. "A gente fica satisfeiro enquanto produtor, pois deixamos de ser apenas um posseiro para sermos donos do que é nosso. Com as linhas de crédito que poderemos conseguir junto aos bancos vamos poder seguir investindo e aumentando a nossa produção. Atualmente produzimos soja, milho e arroz e, apesar de termos tido alguns problemas com a produção, a expectativa é de que este ano possamos dobrar a colheita", disse o produtor.

O processo de regularização foi feito pelo Instituto de Terras do Piauí (Interpi). De acordo com o presidente do Interpi, Herbert Buenos Aires, que recentemente assumiu a pasta, a sua missão é seguir modernizando o órgão de forma a atender cerca de 15 mil processos. "São pessoas que estão há mais de 10, 20, 30 anos esperando por esta regularização. E para conseguirmos alcançar nossos objetivos vamos otimizar a gestão, com equipes capacitadas e também aumentando a quantidade de técnicos", revela.

Wellington Dias enfatizou que são pequenos produtores que agora terão a sua situação regularizada tendo as condições de ampliar os seus investimentos. "São cerca de 128 milhões de reais sendo investido em regularização fundiária.É o Estado confiando nesse produtores que tem como missão levar comida a mesa das famílias. Somado a isso temos muitos investimentos na região para transformar o perfil socioeconômico e a qualidade de vida dos piauienses. A exemplo da nova etapa da construção da Transcerrado, que já foi autorizado 150km e que em modelo de Parceira Público Privado chegaremos a mais 180. Destaco também tudo que já tem sido feito na região na área da segurança, os entendimentos junto a Eletrobras para trazer energia de qualidade serão cerca de R$ 58 milhões para ter energia não somente na zona Urbana, mas também na zona rural, melhorando a produtividade e a qualidade de vida das pessoas", disse.

Na oportunidade Wellington Dias também autorizou à Secretaria de Educação a reformar a escola de ensino médio e também implantar cursos técnicos e a Universidade Aberta do Brasil. "Nosso propósito é ter o ciclo completo da educação nos 224 municípios e ter também pessoas formadas no seu próprio município para ajudar no desenvolvimento de todo o Estado".

Comentários