Política

Wellington Dias lamenta condenação de Lula e diz que acredita nas outras instâncias

O governador viajou à São Paulo para apoiar o ex-presidente
Fonte: Alinny Maria 25/01/2018 09:50
Wellington Dias com Lula Wellington Dias com LulaFoto: Reprodução

Após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF4) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex em Guarujá (SP), o governador Wellington Dias divulgou uma nota nas redes sociais lamentando a decisão e informando que foi à São Paulo dá apoio a Lula.

Wellington Dias disse que o TRF4 tem mantido uma postura muito politizada durante todo o processo e que o brasil todo vem percebendo isso ao longo do tempo. O governador tem esperança que no STJ e no STF o processo que condena Lula poderá ser analisado de maneira isenta.

"Eu continuo otimista. Inspirado no próprio Mandela, quando recebeu a sua sentença, eu acredito que o momento é de se manter a cabeça virada para o sol, manter os pés se movendo para frente, manter o otimismo e, ao mesmo tempo, acreditar nas outras instâncias", diz o governador.

Veja a nota do governador:

Fiz questão de vir à São Paulo para dar meu apoio ao presidente. Os amigos se fazem nas horas difíceis. É muito fácil ser amigo apenas nas alegrias, mas creio que os amigos têm que estar juntos nas horas que mais precisam.

O resultado do julgamento do presidente Lula, em Porto Alegre, já era esperado há meses atrás, quando os desembargadores envolvidos no caso fizeram questão de vazar quais seriam suas posições, seus votos, anunciando que dali sairia a condenação. É claro que, como brasileiro que conhece do processo, tenho a convicção de que não há uma única prova cabal em relação a crime praticado pelo presidente, tanto em relação ao processo da Petrobras, fato esse atestado pela própria Polícia Federal, como na acusação de ser dono de um apartamento que comprovadamente está em nome da construtora OAS e que, agora, por decisão de uma juíza federal em Brasília, passará para a Caixa Econômica Federal, como credora dessa construtora.
Como alguém recebeu um bem se não tem a chave? Se não tem um documento de posse, se não há qualquer prova de que esse bem de alguma forma foi repassado para o seu nome? A rigor, não havia necessidade de que os advogados do presidente Lula apresentassem essa prova, mas fizeram questão de apresentar.

Sou do tempo em que as sentenças só eram conhecidas no processo e, nesse caso, antecipadamente, ela foi o tempo todo anunciada através da imprensa. Veja que cerca de meia hora antes do julgamento, esse resultado já era anunciado. O presidente já estava condenado por unanimidade pelo TRF4.

Eu continuo otimista. Inspirado no próprio Mandela, quando recebeu a sua sentença, eu acredito que o momento é de se manter a cabeça virada para o sol, manter os pés se movendo para frente, manter o otimismo e, ao mesmo tempo, acreditar nas outras instâncias.

O Tribunal Regional Federal do Rio Grande do Sul tem mantido uma postura muito politizada durante todo o processo. O Brasil inteiro, juristas e não-juristas, vem percebendo ao longo do tempo.

Imagino que, no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e no Supremo Tribunal Federal (STF) haverá quem possa, sem as mesmas paixões, apenas à luz da lei, analisar esse processo de maneira isenta.

Wellington Dias
Governador do Piauí

Comentários