Política

Wellington Dias afirma que Lula corre risco de vida

Fonte: Redação | Editor: Paulo Pincel 26/06/2017 16:10
Lula e Wellington Dias Lula e Wellington DiasFoto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O Piauí é o estado brasileiro que mais gerou empregos no Nordeste. A afirmação é do governador Wellington Dias, entrevistado na tarde desta segunda-feira (26) pelo jornalista Amadeu Campos (TV Meio Norte/SBT). Na mesma entrevista, Dias alertou que o ex-presidente Lula corre risco de vida, por desagradar a muita gente, adversários que pregam o ódio e o preconceito.

Wellington Dias ressaltou que o Piauí também é um dos estados que mais geraram postos de trabalho no Brasil. Apesar da crise, contionuou, o Piauí conseguiu continuar gerando empregos, investindo em obras e pagando os servidores públicos estaduais em dia, ao contrário de estados tidos como mais ricos e mais desenvolvidos, como Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Sāo Paulo.

Risco de vida

O governador advertiu que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva corre risco de vida por ter todas as condições de se eleger pela terceira vez presidente da República, o que desagrada a muita gente.

“Alguém que gera uma situação de oposição de quem é contra de quem faz críticas isso tudo é normal na democracia, mas o problema é que se espalha uma verdadeira política de ódio, discriminação, preconceito e, por essa razão, eu avalio que é preciso ter cuidado porque há toda uma operação para tirar as condições de ele ser candidato à Presidência da República. Inclusive, eu acho que pode ser através de um julgamento mesmo sem provas. Isso pode acontecer, mas também ele corre o risco de vida”, alertou

Wellington Dias sugeriu que a assessoria e o próprio Lula tenha todo o cuidado ao viajar de avião, de carro. “São cuidados próprios de alguém tão visado como o Lula. É uma pessoa que tem uma capacidade de articulação extraordinária, tem uma história, tem um trabalho, por isso, apesar de toda a campanha que fazem contra ele, um terço dos brasileiros lembram seu nome como alternativa para presidente da República”, destacou o governador.

Comentários