Política

Wellington apresenta reforma a aliados e oposição critica demissão de terceirizados

A reforma será conhecida na segunda-feira (11), em reunião no Palácio de Karnak
Fonte: Paulo Pincel 06/02/2019 17:16
Governador do Piauí, Wellington Dias na Assembleia Legislativa Governador do Piauí, Wellington Dias na Assembleia LegislativaFoto: PAULO PINCEL/PH

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), reúne a bancada governista na Assembleia Legislativa, na manhã da próxima segunda-feira (11), no Palácio de Karnak, quando será apresentada aos deputados da base a reforma administrativa do Estado.

O líder do bloco MDB/PDT, deputado João Mádison, adiantou que a Assembleia Legislativa vai ajudar a reforma administrativa. Ele acredita não haverá dificuldade em aprovar as medidas.

Enquanto base aliada aguarda para conhecer o conteúdo da mensagem, a oposição se antecipou na Assembleia e foi à tribuna para reclamar que o governador Wellington Dias preferiu penalizar mais de 1.200 terceirizados, que vão perder o emprego com a Resolução 01/2019, da Comissão de Gestão Financeira e Gestão por Resultados, publicada no Diário Oficial do Estado de 29 de janeiro.

As demissão, segundo a CGFR, vão reduzir em de R$ 4 milhões/mês a despesa com o pagamento de terceirizados.

Comentários

Apoio: