Política

Graça Amorim reage a "criticas midiáticas' da oposição

Graça Amorim pede que inundação no Residencial Torquato Neto seja tratado com seriedade
Fonte: Assessoria parlamentar | Editor: Paulo Pincel 04/04/2018 14:27
Vereadora Graça Amorim Vereadora Graça AmorimFoto: Divulgação

A vereadora Graça Amorim (PMB) disse nesta quarta-feira, 4, na Câmara Municipal de Teresina, que é preciso buscar uma solução realmente plausível para o problema dos alagamentos no residencial Torquato Neto, localizado na zona Sul da cidade. Ela rebateu as constantes cobranças da oposição em relação ao residencial e pede que o assunto seja tratado de forma mais séria e menos midiática.

“A responsabilidade da prefeitura em relação ao problema é tamanha que foi encaminhado para esta casa um Plano Municipal de Saneamento Básico de Teresina. Foi feita também a regulamentação, através do decreto 17. 644/17, e , por conta disso, a nossa capital está entre as poucas cidades brasileiras, somente um terço delas, que possui um plano de saneamento básico. Uma galeria desta envergadura, qualquer governo, até mesmo o Estado, teria dificuldade em fazer isoladamente. Não vamos imputar responsabilidade a quem não tem o dever de governo, mas sim, da construtora e do órgão financiador que é a Caixa Econômica Federal”, disse a vereadora.

Graça Amorim questiona o por quê de na época da aquisição do terreno do residencial, da contratação da construtora, da fiscalização, que cabia ao Ministério Público da União, que foram ouvidos e não observaram as dificuldades que as famílias que morariam lá poderiam passar durante o período de chuvas.

A vereadora lembrou ainda que o senador Ciro Nogueira (PP), quando aqui esteve com o ministro das Cidades, anunciou uma galeria para o bairro Porto Alegre, na zona Sul de Teresina, que serviria para o escoamento da água em toda a região e que até agora não foi feita.

Comentários