Polícia

É grave o estado de saúde da criança de 1 ano e 4 meses esfaqueada pela mãe

A mãe esfaqueou os dois filhos dentro de casa em Dermeval Lobão e foi presa em flagrante
Fonte: HUT | Editor: Alinny Maria 05/02/2019 08:46
Mãe esfaqueia dois filhos em Demerval Lobão Mãe esfaqueia dois filhos em Demerval LobãoFoto: Reprodução/Vídeo

As duas crianças esfaqueadas pela própria mãe na tarde dessa segunda-feira (4) em Demerval Lobão, a 30 km de Teresina, continuam internadas no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). As crianças foram identificadas como T.M.O. de 1 ano e 4 meses e M.M.B. de 2 anos e 7 meses.

De acordo com a assessoria de comunicação do HUT a criança de 1 ano é uma menina e está em estado grave. Ela teve o fígado e intestino atingidos e passou por uma cirurgia. A menina está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica.

Já a criança de dois anos é um menino e não precisou passar por procedimento cirúrgico, pois nenhum órgão vital foi atingido, mas precisa de tratamento conservador e permanece internado na clínica pediátrica do HUT.

Entenda o caso

Na tarde dessa segunda-feira (4), uma mulher identificada como Jacilene Maria, de 23 anos, esfaqueou os dois filhos e em seguida tentou tirar a própria vida na casa onde mora em Demerval Lobão. Segundo a polícia, a mulher teve um surto psicótico.

Jaciele disse para os policiais militares que atenderam a ocorrência, que ficou revoltada e teve um surto porque o marido quis se separar dela, por isso ela esfaqueou as crianças e tentou se matar em seguida.

De acordo com a delegada Lucivânia Vidal, do Flagrante de Gênero, o pai das crianças relatou que a esposa cuidava muito bem dos filhos e ficou surpreso com o que aconteceu. O marido contou à delegada que estava havendo muitas discussões entre o casal e que ele falou sobre separação com ela.

Jaciele foi presa após receber atendimento no HUT e autuada em flagrante por tentativa de duplo homicídio qualificado. A delegada representou a prisão preventiva da mãe e o caso será encaminhado para a Delegacia de Demerval Lobão.

.

Comentários