Brasil

"Vamos aí comer vocês”, diz desembargador a juízas em vídeo com Leonardo

O vídeo vazou e logo se tornou alvo de críticas na internet
Fonte: Congresso em Foco | Editor: Da Redação 28/03/2019 14:41
Desembargador manda recado polêmico à juízas Desembargador manda recado polêmico à juízasFoto: Print do Vídeo

O desembargador Jaime Machado Junior, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), se envolveu em uma polêmica juntamente com o cantor Leonardo. Os dois aparecem e um vídeo mandando "recado" para cinco juízas e isso gerou revolta na internet. Após citar o nome das magistradas que receberam o vídeo, o desembargador diz: "Nós vamos aí comer vocês. Ele [Leonardo] segura e eu como". Após o recado polêmico, os dois caem na gargalhada.

Após o vídeo ter vazado, Machado Junior se desculpou e disse que era só uma brincadeira. "Era um vídeo só nosso que alguém, de bobagem, compartilhou aí com todo mundo. Estou numa boa, não tem problema nenhum". "Se eventualmente ofendi alguém, ou se tiver uma outra interpretação, eu peço perdão. Quem me conhece sabe que sou irreverente e expansivo", disse o desembargador.

No início da noite, o desembargador divulgou uma nota (íntegra abaixo) por meio da assessoria do Tribunal de Justiça em que admite que errou, foi "infeliz" com uma declaração que "reforça uma cultura machista que ainda é latente em nossa sociedade". Jaime afirma que espera que o caso sirva de lição para ele e "todos os homens que tratam um assunto muito sério como se fosse brincadeira".

Leonardo ainda não se pronunciou, mas está sendo pressionado por seguidores em suas redes sociais: "Queria saber sua posição sobre a fala do desembargador, Leonardo!", escreveu uma internauta. "Que vídeo machista escroto é aquele com o desembargador ein?! Não seja esse tipo de pessoa", lamentou outra.

Em nota, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina disse que solicitou explicações ao desembargador e que será feita uma análise preliminar a respeito do caso.

Nota do TJ-SC

  • O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) informa que o procedimento a ser adotado no caso que envolve o desembargador Jaime Machado Júnior inicia na presidência com um pedido de explicações dirigido ao magistrado, conforme preconiza o Regimento Interno da Corte. Tão logo sejam apresentados os esclarecimentos, é feita uma análise preliminar a respeito do caso.
  • A seguir, há deliberação sobre abertura de processo administrativo, que poderá resultar (ou não) em sanções ao magistrado por conta de sua conduta. Os procedimentos previstos na legislação já se iniciaram no âmbito do TJSC.
  • Núcleo de Comunicação Institucional do TJSC

Comentários