Saúde

Vacinação contra raiva acontece em dois sábados na capital;

Fundação Municipal de Saúde disponibiliza 130 locais de vacinação neste final de semana
Fonte: ascom PMT | Editor: Da Redação 26/09/2017 10:30
Vacinação em animais Vacinação em animaisFoto: Divulgação

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) definiu duas datas da etapa urbana da campanha de vacinação antirrábica. A vacinação contra a raiva vai imunizar cães e gatos das zonas norte e leste no dia 30 de setembro. Já os animais das zonas sul e sudeste poderão ser vacinados no dia 7 de outubro.


“Próximo sábado, dia 30, teremos 130 postos de vacinação espalhados nas zonas norte e leste [ CONFIRA AQUI A LISTA DOS POSTOS ]. Este ano, dividimos os dias da vacinação por questões de logística. No dia 7 de outubro estaremos vacinando os cães e gatos das zonas sul e sudeste. Queremos dizer à população que terão postos próximos às suas residências, como todos os anos”, informa Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses da capital.


A vacina é importante pois protege, além do animal, os seres humanos que convivem com eles. Animais a partir de três meses de idade podem vacinar. A gerente de Zoonoses pede que pessoas com capacidade de conter os animais levem os mesmos para a vacina. “Porque percebemos que muitas crianças levam os animais e elas não tem força para conter o animal na hora da vacina. Pedimos que um adulto leve o bichinho. De preferência em horário em que o sol não esteja tão quente, para não gerar estresse no animal”, ressalta Oriana Bezerra.


Os postos de vacinação começam a funcionar às 8h e ficam abertos até às 17h. Na Campanha de Vacinação Antirrábica de 2016 foram disponibilizadas 140 mil doses de vacina e cerca de 130 mil animais foram imunizados. A previsão é a mesma para este ano. “A meta prevista para 2017 é imunizarmos 61.712 animais somente este final de semana nas zonas Norte e Leste. Estaremos trabalhando com 24 médicos veterinários, 423 vacinadores e anotadores, 25 motoristas”, diz Oriana Bezerra.


O último caso de raiva em ser humano em Teresina foi em 1986. O último caso de raiva canina foi em 2011 em um cão proveniente do interior do Estado, cujo proprietário é residente de Teresina.

Comentários