Saúde

Vacina da febre amarela agora é dose única, sem reforço

A adoção de dose única atende as orientações da Organização Mundial da Saúde
Fonte: Prefeitura de Teresina | Editor: Redação 12/04/2017 13:09
Vacinação febre amarela Vacinação febre amarelaFoto: Divulgação

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informa que a partir deste mês de abril o Ministério da Saúde indica dose única da vacina da febre amarela para áreas de recomendação de vacina em todo o país. A adoção de dose única atende as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

"A partir de agora, as pessoas que já tomaram uma dose não precisam se vacinar mais contra a febre amarela ao longo da vida", afirma Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da FMS.

O Rio de Janeiro, a Bahia e São Paulo são os estados onde há recomendação para que a vacina seja aplicada. Desde dezembro do ano passado, quase 2 mil casos de febre amarela foram notificados em todo o país, dos quais 586 foram confirmados e causaram 190 mortes. No mesmo período, cerca de 16,5 milhões de doses da vacina foram aplicadas, e apenas 192 causaram reações graves, como por exemplo, a contaminação pelo vírus. Estes últimos números, porém, ainda estão em investigação.

“É importante esclarecer a população que não há motivo para a busca da vacinação de forma indiscriminada em regiões que não há evidências de circulação ativa do vírus da febre amarela, devendo ser vacinadas, nesse momento, as pessoas que irão se deslocar para os municípios que estão com ocorrência de casos”, informa Amariles Borba.

Comentários

Matérias Relacionadas