Política

Aluísio Sampaio participa de audiência sobre a falta de combustível nas viaturas de Teresina

Uma comissão participou da reunião que também tratou sobre segurança pública no geral
Fonte: Juliana Araujo | Editor: Da Redação 11/02/2019 17:19
Aluisio Sampaio Aluisio SampaioFoto: Ascom

Nesta segunda-feira (11), o vereador Aluísio Sampaio (Progressistas) e uma comissão de parlamentares, participaram de audiência pública com o Secretário de Segurança Pública do Estado (SSP), Coronel Rubens Pereira, para tratar sobre a falta de combustíveis nas viaturas e outros assuntos sobre segurança na capital.

Segundo o parlamentar, a segurança pública é um dos maiores problemas a se enfrentar no Brasil e também no Estado, por isso afirma que é importante se debater sobre planejamentos para essa área no ano de 2019.

“Sabemos que a questão de segurança é complexa e que envolve a legislação, judiciário, inteligência e polícia ostensiva. Por isso nos reunimos em uma comissão para saber quais os planos e as principais medidas a serem tomadas nesta área para este ano, já que há uma mudança de mandatos e o governador foi reeleito para mais quatro anos. Além de saber como anda a questão da falta de combustível nas viaturas”, fala Aluísio Sampaio.

O secretário de segurança, Coronel Rubens Pereira, comentou que a falta de combustível foi uma questão pontual e se deu por conta do protocolo que precisa se seguir, mas que já está normalizada. “Nós tivemos problemas contratual com uma operadora devido a protocolos. E algumas ações da SSP necessita se passar por outras secretarias para que se realize, o que acaba ocasionando uma burocracia. A secretaria de segurança não tem contrato direto com Postos de Combustíveis e sim uma operadora nacional, que diz quais são os locais que podem se abastecer”, conta o secretário.

Em relação a novidades na segurança pública, o gestor falou sobre o Fundo Nacional de Segurança Pública e a pretensão da Secretaria em descentralizar a Central de Flagrantes, para que agilize a burocracia na operação de Boletins de Ocorrências.

“Queremos dar celeridade aos atendimentos nas delegacias e uma das medidas foi com os termos circunstanciais de ocorrência ser lavrado pela Polícia Militar no local da infração. Já dei ideia ao governo de se ter uma Central de Flagrantes no bairro Redenção e vamos esperar o arquiteto avaliar o local. Conseguimos esse ano ter o Fundo Nacional de Segurança Pública, para que se possa ter investimentos aplicados diretamente na área e assim o poder municipal também captar recursos federais”, pontua o secretário.

Participaram da reunião os vereadores R. Silva, Pollyana Rocha, Nilson Cavalcante e Fábio Dourado. A comissão de parlamentares se reunirá ainda com o Comando da Polícia Militar e com o Secretário de Justiça e Cidadania.

Comentários