Educação

Uespi é contemplada com emenda da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018

A LDO é responsável por apontar os valores a serem investidos no estado com recursos federais.
Fonte: CCOM | Editor: Redação 05/07/2017 13:00
Universidade Estadual do Piauí - Uespi Universidade Estadual do Piauí - UespiFoto: Marcelo Cardoso

Em encontro realizado nessa terça-feira (04), em Brasília, com a bancada federal do Piauí, a Universidade Estadual do Piauí (Uespi) foi contemplada com a indicação de uma das emendas prioritárias da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2018. A LDO é responsável por apontar os valores a serem investidos no estado com recursos federais.

Durante todo o dia, o pró-reitor de Planejamento e Finanças (Proplan), Paulo Henrique Pinheiro, acompanhado do diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS), Jesus Abreu, participou de reuniões com os membros da bancada piauiense no Congresso Nacional, os deputados Júlio César, Átila Lira, Rodrigo Martins, Assis Carvalho, Heráclito Fortes, Marcelo Castro e Iracema Portella, além dos senadores Ciro Nogueira, Elmano Férrer e Regina Sousa.

As reuniões foram importantes para inserir a Uespi em umas das três metas prioritárias da LDO 2018 para o Piauí. Dessa forma, a instituição passará, junto com a BR 135 e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), a ser prioridade na destinação de emendas de bancada.

O pró-reitor da Proplan apresentou à bancada, solicitações de investimentos em infraestrutura e equipamentos para os doze campi da instituição. “Com a inclusão, estamos habilitados a receber cerca de R$ 80 milhões em emendas de bancada e individuais impositivas para 2018. Uma conquista para a universidade”, pontuou Paulo Henrique.

Para ele, a bancada compreendeu que a universidade possui um papel crucial no desenvolvimento do Piauí. “A bancada votou com nosso posicionamento e defesa. Para nós, foi bastante gratificante estarmos presente em um momento tão importante para a construção do Orçamento da União de 2018”, comentou o pró-reitor, reconhecendo a importância do diálogo com a bancada federal.

“Mais importante ainda foi a percepção de que a bancada federal do Piauí respeita e reconhece o papel da Uespi”, ressaltou Pinheiro.
Para o diretor do CCS, Jesus Abreu, “o momento foi bastante oportuno, pois a Uespi se fez presente como única instituição do Piauí a reivindicar a inclusão como meta prioritária da LDO 2018”. Ele avalia essa articulação como um ganho substancial em investimentos na universidade.

Comentários

Matérias Relacionadas