Educação

Uespi adquire equipamentos, livros e mobiliário com recursos de emenda de Nazareno Fonteles

A emenda é relativa ao ano de 2012. A universidade propôs o titulo de doutor honoris causa ao ex-deputado
Fonte: CCOM | Editor: Redação 16/05/2017 09:28
Nazareno Fonteles Nazareno FontelesFoto: Wikipedia

A administração superior da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), diretores de centro, de campus, docentes, discentes e técnicos da instituição receberam, nessa segunda-feira (15), o ex-deputado federal Nazareno Fonteles, por ocasião da entrega de equipamentos de informática. Os materiais foram comprados com recursos de emenda parlamentar do ano de 2012 do então deputado. Por meio do empenho da administração, a emenda foi liberada recentemente e servirá para comprar também, além dos equipamentos, livros e mobiliário para a universidade. Essa primeira etapa de execução ficou orçada em R$ 523.336.

Ao todo, foram entregues 120 computadores, 30 datashow e 60 estabilizadores. Na reunião, também foram discutidos outros assuntos sobre a Uespi, como a regularização dos cargos da universidade, a negociação salarial de professores e técnicos e a infraestrutura dos campi da instituição, de modo a manter o ex-deputado a par da atual conjuntura da IES. Nazareno, hoje afastado da política, foi celebrado na reunião como um dos que mais atuaram em favor da Uespi durante seus mandatos.

“São momentos assim que enriquecem a vida da gente, porque você estar fora do mandato e receber gratidão é a coisa que mais realiza aquele que exerceu a política de maneira digna, respeitando os parâmetros em que a política deve ser exercida. E recebendo gratidão de uma instituição que não foi na qual eu atuei, no estado que adotei, não no que eu nasci. Muito obrigado por vocês reconhecerem, e que vocês mantenham esse compromisso, saibam que se doar à instituição e fazer mais do que o dever é uma coisa que realiza o ser”, enfatizou o ex-deputado.

Em razão da atuação de Nazareno Fonteles, o educador foi postulado a receber da Uespi, o primeiro título de doutor honoris causa concedido pela instituição. Uma comissão ficará encarregada de subsidiar a postulação também entre a comunidade acadêmica. “Desde quando o professor Carlos Alberto falou da questão deste título honoris causa, temos discutido isso, e nesses últimos dois anos essa propositura, inclusive na iminência de receber esses recursos, estava cada vez mais urgente. Daí porque a presença dos diretores do interior aqui hoje, porque vamos nomear uma comissão que vai elaborar esse projeto institucional e os diretores vão coletar essas assinaturas. Pois queremos subsidiar isso com a presença dos estudantes e técnicos administrativos. Esse há de ser o nosso primeiro título e concedido com muita convicção”, afirmou o reitor Nouga Cardoso Batista.

O ex-reitor da Uespi, e hoje superintendente de ensino da Seduc, Carlos Alberto, mencionado por Nouga, também se fez presente à reunião e foi quem primeiro pensou na questão do título. Segundo ele, não só por conta da atuação em prol da educação, mas também no combate à fome conduzido por Nazareno. “Eu iniciei esse pedido, lá atrás, essa universidade tem uma dívida com essa pessoa que está aqui, e tem o poder de fazer esse reconhecimento social. É uma pessoa muito digna, que fez parte das nossas carreiras e a quem só tenho a agradecer”, finalizou Carlos Alberto.

Comentários

Matérias Relacionadas