Política

TSE vai divulgar ocorrências nos estados a cada duas horas

Os boletins vão informar sobre urnas substituídas, prisão de eleitores e candidatos por boca de urna e outras ocorrências
Fonte: TSE | Editor: Paulo Pincel 29/09/2016 08:34 - Atualizado em 16/11/2016 10:12
Nova sede do TSE Nova sede do TSEFoto: Flickr/TSE

No domingo, dia 2 de outubro, data do primeiro turno das eleições municipais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai divulgar boletins com as principais ocorrências nos estados - com informações sobre o número de urnas substituídas, prisão de eleitores e candidatos pela prática de crime de boca de urna, dentre outras. Os boletins serão divulgados à imprensa a cada duas horas, sendo que o primeiro está previsto para às 8h.

Na manhã do dia 2 de outubro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Gilmar Mendes, irá a São Paulo para acompanhar a realização da auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas. A auditoria começa às 8h na sede do Tribunal Regional Eleitoral do estado.

Na prática, essa auditoria consiste em realizar uma votação paralelamente à votação oficial, a fim de comprovar que o voto digitado pelo eleitor na urna eletrônica é exatamente o mesmo que foi escrito em uma cédula de papel e em um terminal de apuração independente. Tudo é feito em um ambiente filmado e fiscalizado. O objetivo final é que seja comprovada a coincidência entre os resultados obtidos nos boletins de urna e os dos relatórios emitidos pelo sistema de apoio à votação paralela e entre as cédulas da auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas e o registro digital dos votos apurados.

Ás 9h30, ainda em São Paulo, o ministro concederá entrevista coletiva à imprensa, na sede do TRE-SP. Já em Brasília, outras duas coletivas do presidente do TSE estão previstas para ocorrer às 12h30 e às 20h00, ambas no Auditório I, do edifício-sede do TSE. Com exceção da coletiva concedida em São Paulo, as entrevistas serão transmitidas ao vivo pela TV Justiça, pelo canal do TSE no Youtube e pelo Periscope, aplicativo do Twitter para a transmissão de vídeos em tempo real.

Durante todo o dia, os ministros do TSE estarão à disposição para a prestação de esclarecimentos acerca do pleito.

Comentários