Geral

TRT determina que 70% da frota de ônibus circule na greve

O desembargador determina ainda a multa de R$ 10 mil por dia ao Sintetro em caso de descumprimento
Fonte: Thaizys Val | Editor: Alinny Maria 06/02/2019 19:23
Usuários aguardando o ônibus na avenida Frei Serafim Usuários aguardando o ônibus na avenida Frei SerafimFoto: Alinny Maria/Piauí Hoje

O desembargador Wellington Jim Boavista, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), determinou nesta quarta-feira (6) que 70% da frota de ônibus circule em horário de pico durante a greve dos motoristas e cobradores que já dura três dias em Teresina.

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários no Estado do Piauí (Sintetro) foi notificado pelo TRT e deverá cumprir a decisão. Segundo a decisão, 70% dos ônibus devem circular nos horários de 6h às 8h, 11 às 14h, e 17 às 20h. Já 50% da frota deve circular nos demais horários. O desembargador determina ainda a multa de R$ 10 mil por dia ao Sintetro em caso de descumprimento.

Amanhã a greve motoristas e cobradores entra no quarto dia sem avanços nas negociações. A categoria pede o reajuste de 8,43% e aumento na frota de ônibus circulante.

Nesta quarta-feira, 100% da frota parou devido ao atraso no pagamento de salários. A decisão aconteceu após solicitação do SETUT ao TRT, para garantir a circulação da frota, com vistas a reduzir os contratempos para a população.

Comentários

Apoio: