Política

TRE-PI mantém a cassação do prefeito e vice de Miguel Leão

Professor Joel e Jaílson de Sousa vão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral
Fonte: Redação | Editor: Paulo Pincel 15/05/2017 16:51
Prefeito de Miguel Leão, Professor Joel Prefeito de Miguel Leão, Professor JoelFoto: Reprodução/canal121

Acatando representação do Ministério Público Eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), em sessão realizada nesta segunda-feira (15), manteve a cassação do prefeito Joel de Lima (PSD) e do vice-prefeito, Jaílson de Sousa (PT) e determinou a realização de nova eleição em Miguel Leão, município situado a 93 km de Teresina, do Médio Parnaíba. Joel de Lima foi acusado de conduta vedada a gestor público, ao participar de inaugurações em período vedado pela Lei Eleitoral.

Joel de Lima, à época candidato a reeleição, inaugurou o Centro de Convivência do Idoso e do Estádio Municipal de Miguel Leão em 02 de julho de 2016. No primeiro julgamento, por 4 votos a 2, o TRE-PI decidiu pela cassação, confirmando sentença do juiz Carlos Alberto Bezerra, da 58ª Zona Eleitoral de Monsenhor Gil, de 29 de setembro do ano passado.

O prefeito Joel de Lima recorreu da decisão do juiz e pode disputar as eleições de 2016, vencendo com 714 votos (53.52%) o candidato Roberto Nascimento (PR), que obteve 620 votos (46.48%). É o primeiro prefeito eleito em 2016 cassado pela Justiça Eleitoral. O relator dação no TRE-PI foi o juiz eleitoral José Wilson Ferreira Araújo, seguindo o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral.

O prefeito e o vice vão recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral.

Comentários