Política

TRE-PI cassa vereadores e suplentes em Valença do Piauí

Foram cassar todos os 29 candidatos das coligações Compromisso com Valença I e II
Fonte: Paulo Pincel | Editor: Paulo Pincel 12/09/2017 14:12
Sessão no Plenário do TRE-PI Sessão no Plenário do TRE-PIFoto: Paulo Pincel

Com o voto de minerva do presidente, desembargador Joaquim Dias de Santana Filho, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), em sessão deliberativa nesta terça-feira (12), decidiu, por maioria, cassar todos os 29 candidatos a vereadores, inclusive os eleitos em 2016, pelas coligações Compromisso com Valença I e II, em Valença, a 216 Km no Sul do Piauí.

A votação do pedido de cassação estava empatada em 3 a 3. Com a decisão do TRE-PI, os vereadores eleitos pelas coligações Compromisso com Valença I e II perderam seus mandatos. Após a publicação da decisão, haverá a recontagem dos candidatos das três coligações que participaram do pleito eleitoral em Valença no ano passado.

Os vereadores penalizados podem recorrer a Brasília. Perderam o mandato os vereadores Nonatim Soares, Benoni Sousa, Ariana Rosa, Fatima Caetano, Stênio Rommel e Leonardo Nogueira. O advogado dos vereadores vai recorrer ao TSE contestando a decisão do TRE-PI.

Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, desembargador Joaquim Santana
Presidente do TRE-PI, desembargador Joaquim Dias de Santana Filho Foto: Paulo PIncel

Comentários