Polícia

Tráfico e rixa de torcidas: Polícia investiga ataques que mataram 7 pessoas em Fortaleza

Autoridades do Ceará avaliam que ações podem não ter ligação entre si
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 11/03/2018 09:00
Imagem ilustrativa Imagem ilustrativaFoto: Reprodução

A polícia do Ceará trabalha com a hipótese de os ataques ocorridos na noite de sexta-feira (9), responsáveis pela morte de sete pessoas na mesma região do Bairro Benfica, em Fortaleza, não terem ligação entre si.

De acordo com as autoridades, a ação na Praça Gentilândia pode ter relação com tráfico, visto que dois dos três mortos vendiam drogas no local. Já o ataque na sede da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF), onde quatro morreram, pode ser consequência de uma briga de torcidas ocorrida no final de semana passado.

"São locais próximos, a quase 10 quarteirões de distância. O lapso temporal também é próximo. No entanto, agora, não conseguimos afirmar, de certeza, se estão interligados. Porque também há modus operandi diferente e, aparentemente, motivações diferentes'', disse ao G1 o secretário de Segurança Pública do Ceará, André Costa.

O modo de excução nos dois casos foi o mesmo, como homens atirando de dentro de veículos.

Comentários