Política

TJ-PI promove uma roda de conversa sobre a mulher

Juiza, delegada e deputada federal foram as debatedoras no encontro
Fonte: TJ-PI | Editor: Paulo Pincel 08/03/2019 13:17
Desembargador Sebastião Ribeiro Martins Desembargador Sebastião Ribeiro MartinsFoto: Reprodução

O Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) e a Corregedoria Geral de Justiça (CGJ-PI) promoveram na manhã desta sexta-feira, 8 de março, uma Roda de Conversa sobre “O Papel da Mulher na Sociedade Atual”, comemorando o Dia Internacional da Mulher.

A juíza Keylla Ranyere, a delegada Eugênia Villa e a deputada federal Margarete Coelho, foram as convidadas para o debate, que aconteceu no auditório do TJ-PI, no bairro Cabral, na zona Norte de Teresina., que teve a participação do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins.

“Eu acho importante esse diálogo, acho importante a abertura para discussão porque precisa muito a mulher se identificar naquele poder. O que acontece muito é que a mulher chega no Poder Judiciário e não se enxerga ali, não vê mulheres naquele poder e se sentem fragilizadas por conta disso. Então abrir oportunidade de diálogo é muito importante para que ela se fortaleça inclusive na luta por esse espaço e por seus direitos”, afirmou a juíza Keylla Ranye.

“Sabemos que vivemos no estado do Piauí, que é um estado machista, patriarcal e nós observamos que houve um grande aumento da violência contra a mulher. Não só a violência física, mas a violência psicológica das mulheres. Nós elegemos como uma das nossas metas que vamos fortalecer uma rede de combate à violência familiar e doméstica contra a mulher”, afirmou o presidente do TJ-PI.

O evento foi uma promoção da Superintendência de Gestão da Saúde e Qualidade de Vida (Sugesq), do Núcleo de Gestão Socioambiental (Nusa), da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CEM) e do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec).

Durante o evento foi servido um coffee break especial e sorteados de brindes para todos os presentes.

As participantes

A magistrada Keylla Ranyere Lopes Teixeira Procopio é Bacharela em Direito pela Universidade Estadual do Piauí, especialista em Direito Civil e Processual Civil, Direito Eleitoral e Gestão Judiciária, juíza de direito do Tribunal de Justiça do Piauí há 16 anos, é titular da 3ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de Teresina, idealizadora do Projeto Ipê e Coordenadora do Comitê Local de Gestão de Pessoas do TJ-PI.

A Delegada Eugênia Nogueira do Rêgo Monteiro Villa foi responsável pela criação da primeira delegacia de feminicídio do Brasil. Atua há 17 anos no segmento em defesa da mulher e hoje está à frente da Sub Secretaria de Segurança do Estado. É uma das idealizadoras do “Salve Maria”, aplicativo que facilita a denúncia de casos de violência contra a mulher. Atualmente, é doutoranda em Direito pelo Centro Universitário de Brasília – UniCEUB e mestre em Direito pela Universidade Vale do Rio dos Sinos.

Importante idealizadora e colaboradora de políticas públicas a favor da mulher, a Deputada Federal Margarete de Castro Coelho é ex-integrante da comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa do Piauí e autora de diversas leis de Combate à Violência Contra a Mulher. É também doutoranda em Direito pelo Centro Universitário de Brasília – UniCEUB e mestre em Direito pela Universidade Vale do Rio dos Sinos.

Comentários

Apoio: