Brasil

Teresina segue como uma das capitais menos violentas do Brasil. Confir

teresina violencia mapa
Fonte: agencias 19/07/2013 19:09 - Atualizado em 20/11/2016 20:18
Teresina é uma das cidades menos violentas do Brasil. Dados do Mapa da Violência 2013 – Homicídios e Juventude no Brasil, com base no DataSUS, mostram que entre os 5,6 mil municípios brasileiros, 15 ultrapassaram a marca de 100 mortes por arma de fogo por 100 mil habitantes. A capital do Piauí, que tem mais de 800 mil habitantes, está fora dessa lista e se configura como um município ainda seguro para se viver.

De acordo com o secretário Estadual da Segurança Pública, Robert Rios, o Piauí se sobressai em qualquer estatística que for feita sobre segurança por causa da polícia, que é mais preparada que a nacional. “Enquanto no Brasil o crescimento das mortes e da violência é de 326%, no Piauí é de 80% nos últimos 10 anos. Isso é um reflexo do preparo do nosso efetivo”, diz Rios.

O secretário atesta que a violência no Piauí cresce também porque estamos nos desenvolvendo, mas é ¼ da média nacional.

Esses resultados são por conta do efetivo que está aumentando a cada dia. “O governador tem atendido aos nossos apelos e vem nomeando agentes e escrivães para atender à demanda em todo o Estado”, comemora o secretário.

No que tange a segurança pública, o governador Wilson Martins já realizou concurso público, fez nomeações para Polícias Militar e Civil, concedeu aumento aos servidores e ampliou a atuação do Ronda Cidadão em Teresina e no interior, deixando a PM mais próxima da comunidade.

Dados
O Mapa da Violência mostra que, na Bahia, a taxa de homicídios por arma de fogo por 100 mil habitantes cresceu 223,6%. Na Paraíba, 202,3%. No Rio Grande do Norte, 190,2%. Como em toda a violência no País, essa mudança também atinge principalmente os jovens. Em Alagoas, morrem 156, 4 jovens a cada 100 mil habitantes, quase oito vezes superior à de São Paulo.

Em 1999, Salvador era a área metropolitana mais tranquila do país. Em 12 anos, pulou para a 3.ª colocação - a taxa de homicídios passou de 7,9 por 100 mil para 69 por 100 mil. Maceió, a 1.ª do ranking hoje, com 111 assassinatos por 100 mil, era apenas a 14.ª há 12 anos.

Comentários

Matérias Relacionadas