Cidade

Teresina em Ação realiza mais de 13.800 atendimentos no bairro Bela Vista

Fonte: Ascom | Editor: Redação 12/11/2017 08:44
Justiça itinerante no Teresina em ação Justiça itinerante no Teresina em açãoFoto: Ascom

Com mais de 13.800 atendimentos realizados, a 6ª edição do Teresina em Ação, realizado neste sábado (11), no bairro Bela Vista, zona Sul de Teresina, superou as expectativas da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) e a ação anterior, realizada no bairro Santa Maria da Codipi, na zona Norte, quando foram realizados 10 mil atendimentos.

O evento, promovido através da parceria entre Prefeitura de Teresina e TV Clube, ofertou 86 serviços, 12 a mais que nas edições anteriores, nas áreas de saúde, assistência social, educação, esporte, lazer e cultura.

“A cada edição mais pessoas atendem ao nosso chamado e recebem o serviços oferecidos. É uma ação inovadora, pois a Prefeitura sai dos seus espaços tradicionais, bate na porta do cidadão e diz: ‘estamos aqui para melhor lhe servir’. É um programa muito importante que se consolida na cidade e que é feito de forma alegre, ativa e participativa”, destaca Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

Uma das novidades desta edição foi a Justiça Itinerante. Bastante procurada, foram realizados serviços como o “Divórcio ou Reconhecimento e Dissolução de União Estável”, “Retificação de Registro Civil”, “Restauração de Registro Civil”, “Suprimento de Registro Civil”, “Reconhecimento de Paternidade”, “Acordo de Alimentos” e “Acordo Revisão e Exoneração de Alimentos”.

A emissão de documentos, medição de pressão, entrega de muda de plantas, corte de cabelo e as atividades recreativas estiveram entre os serviços mais procurados, bem como

Orientações sobre o CadÚnico.

A moradora do bairro Bela Vista, Francisca Maria, de 50 anos, aproveitou a oportunidade para fazer a atualização do cadastro. “Cheguei cedo para resolver isso, o que está sendo muito mais prático, pois é perto de casa. E já aproveitei que aqui também tem serviço de saúde para medir minha pressão”, diz.

Já a moradora Maria Alves, de 73 anos, foi ao evento para tirar a carteira do idoso. “Vim para ver a movimentação, as apresentações e já resolvo esse problema que estava pendente. Quero viajar, ir para outros estados com o direito à gratuidade. É um direito e está tão pertinho de casa”, conta a aposentada.

Em breve será divulgado o próximo bairro da capital que irá receber o Teresina em Ação.

Comentários