Geral

Terceirizados do Estado paralisam as atividades amanhã (24)

A categoria cobra o pagamento de dezembro
Fonte: Manoel José 23/01/2018 11:44
Governador do Piauí, Wellington Dias Governador do Piauí, Wellington DiasFoto: Jorge Bastos

Nesta quarta-feira, 24, os terceirizados do Estado irão realizar uma paralisação geral. A categoria cobra o pagamento do salário de dezembro e do 13º salário.

A presidente do Sindicato dos Empregados das Empresas de Conservação e Asseio do Piauí, Maria José Mesquita da Silva Neres, encaminhou o ofício ao secretário estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, informando a paralisação dos trabalhadores.

Segundo o ofício, a paralisação acontecerá devido a inadimplência do Governo do Estado do Piauí quanto aos pagamentos das parcelas que se referem as empresas prestadoras de serviços terceirizados.

"A inércia dessa Administração Pública não causa prejuízo apenas para as empresas, mas vem causando o grande endividamento dos trabalhadores/empregados terceirizados. Tem-se, inclusive, em muitos casos situações periclitantes de extrema pobreza", diz o documento.

Ainda de acordo com o documento, a situação está incontrolável para os trabalhadores e para as empresas, visto que o Governo anunciou que havia pago todos os seus fornecedores.

"É oportuno destacar, que a situação está incontrolável, após esse Governo divulgar na mídia informação que havia pago todos os seus fornecedores, causando alvoroço por parte daqueles empregados terceirizados que estão desde novembro sem receber remuneração, inclusive, muitos sem ainda terem auferidos o 13º salário do exercício de 2017", diz.

Comentários