Geral

TCE bloqueia contas de 49 prefeituras, 16 câmaras municipais e quatro consórcios

Fonte: TCE-PI | Editor: Da Redação 01/06/2017 15:34
Sessão no TCE-PI Sessão no TCE-PIFoto: Divulgação

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) determinou nesta quinta-feira (1º) o bloqueio das contas de 47 prefeituras, 16 Câmaras Municipais e de quatro consórcios municipais por atraso na entrega das prestações de contas e inadimplência nos repasses dos fundos de Previdência dos municípios com RPPS (Regime Próprio de Previdência Social).

Com o bloqueio, os prefeitos e outros gestores ficam impedidos de sacar dinheiro, fazer pagamentos e outras operações nas contas das prefeituras, câmaras municipais e dos consórcios. A decisão atendeu a pedido do Ministério Público de Contas (MPC). As prefeituras e câmaras municipais estão inadimplentes com os documentos contábeis e folha referentes aos meses janeiro e fevereiro.

A maioria (42 municípios) não informou ao TCE-PI o recolhimento e repasse das contribuições funcional e patronal do RPPS. Há municípios que estão inadimplentes com a prestação de contas e com as informações do RPPS – o caso de Luís Correia e Passagem Franca do Piauí. O desbloqueio das contas ocorre tão logo as pendências sejam resolvidas.

Prefeituras com as contas bloqueadas por atraso nas prestações de contas: Barreiras do Piauí, Bocaina, Caraúbas, Luís Correia, Manoel Emídio, Passagem Franca do Piauí e São João da Fronteira.

Prefeituras com as contas bloqueadas por inadimplência com o RPPS:

Agricolândia, Água Branca, Alegrete do Piauí, Angical, Antonio Almeida, Aroazes, Bom Jesus, Bom Princípio, Capitão de Campos, Caxingó, Colônia do Gurguéia, Corrente, Cristalândia, Demerval Lobão, Eliseu Martins, Esperantina, Floriano, Francisco Santos, Hugo Napoleão, Itainópolis, Jaicós, José de Freitas, Jurema, Lagoa Alegre, Lagoa do São Francisco, Landri Sales, Luís Correia, Murici dos Portelas, Novo Oriente do Piauí, Passagem Franca do Piauí, Paulistana, Picos, Pimenteiras, Redenção do Gurgueia, Regeneração, Santo Antonio dos Milagres, São Gonçalo do Piauí, São João do Piauí, São Julião, Sebastião Barros, Vera Mendes e Vila Nova do Piauí.

Câmaras Municipais com as contas bloqueadas:

Amarante, Betânia do Piauí, Canavieira, Castelo do Piauí, Luis Correia, Luzilândia, Matias Olimpio, Nossa Senhora dos Remédios, Passagem Franca, Pio IX, Porto, Santo Antonio dos Milagres, São Braz do Piauí, São Miguel do Tapuio, Sebastião Barros e União.

Consórcios com as contas bloqueadas:

Consórcio dos Municípios do Médio Parnaíba do Piauí

Coresa – Consórcio Regional de Saneamento do Sul do Piauí

Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Territórios dos Cocais

Consórcio Regional de Desenvolvimento da Planície Litorânea Piauiense

Comentários