Polícia

Suspeito de atirar em foliões, cabo do 2º BEC está foragido

O cabo do exército foi apontado como autor dos disparos que deixou três pessoas feridas na Banda Bandida
Fonte: Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 16/01/2018 07:02
Tiroteio na Banda Bandida Tiroteio na Banda BandidaFoto: Reprodução/WhatsApp

Suspeito de ser o autor dos disparos de arma de fogo que deixou três pessoas feridas na noite de sábado (13) durante a prévia carnavalesca Banda Bandida, em Teresina, o cabo do 2º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército Brasileiro (2º BEC), ainda não se apresentou à polícia e também não foi localizado.

Segundo o delegado do 1º Distrito Policial, Anfrísio Castelo Branco, o caso está sendo investigado, mas até o momento não foi expedida a prisão preventiva contra o soldado. O cabo também não se apresentou voluntariamente e não compareceu mais ao trabalho desde o ocorrido. O cabo também foi procurado em sua resistência, e não foi localizado.

Paulo Roberto, de 38 anos, foi a vítima que mais ficou ferida e ainda está internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Ele perdeu parte do intestino e passou por duas cirurgias.

O carro do suspeito foi encontrado e dentro havia munições da pistola 380. O outro suspeito foi detido na noite de sábado e identificado como “Peixe”, disse ir informou que o cabo seria o segundo suspeito.

Comentários