Política Nacional

Suposto convite a Marun cria 'climão' entre Temer e Imbassahy

Presidente ficou em saia justa com o vazamento da informação à imprensa
Fonte: Notícias ao Munuto | Editor: Da Redação 23/11/2017 06:10
O "climão" acabou ocorrendo também entre Temer e a ala do PMDB O "climão" acabou ocorrendo também entre Temer e a ala do PMDBFoto: © Ueslei Marcelino/Reuters

O vazamento do suposto convite de Michel Temer ao deputado Carlos Marun (PMDB-MS) causou mal estar entre o presidente e o atual titular da Secretaria do Governo, o tucano Antonio Imbassahy. O peessedebista avalia ter sido vítima de pressão e foi aconselhado por aliados, segundo a coluna "Painel", da Folha de S. Paulo, a pedir demissão nos próximos dias.

O "climão" acabou ocorrendo também entre Temer e a ala do PMDB responsável pelo vazamento. Irritado, o presidente deve optar por não tratar do assunto nas próximas semanas para que o assunto seja colocado de lado de forma gradual.

A Marun, o presidente teria dito que jamais demitiria um aliado pela imprensa.

Fato é que Temer vem sendo pressionado pelo centrão a "eliminar" os ministros tucanos e, consequentemente, redistribuir cargos para que continue governando com uma base minimamente sólida.

Comentários