Polícia

Suplente de vereador é morta a facadas pelo marido

Rosiana da Silva Pereira, 27 anos, foi morta na noite de domingo em São Julião
Fonte: Polícia Militar | Editor: Paulo Pincel 12/03/2018 09:24
Roseany Silva foi morta pelo marido Roseany Silva foi morta pelo maridoFoto: Divulgação/PM

Roseany da Silva Pereira, 27 anos, que era suplente de vereador pelo Progressistas no município de São Julião do Piauí, a 394 Km de Teresina, foi morta a facadas por volta das 23h de domingo (11). O marido, Alexandre de Lima da Silva, assumiu que matou a esposa por ciúme. Rosiana ainda foi socorrida e levada para o Hospital Regional Justino Luz, em Picos, mas não resistiu ao ferimento.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 1h da madrugada desta segunda-feira (12). O comandante da 4ª Companhia do 4º Batalhão da Polícia Militar, tenente Gilson Medeiros, explicou que o assassino fugiu e está sem procurado pela polícia.

Em conversa com os pais, que são seus vizinhos no povoado Fujona, onde o casal morava, Alexandre assumiu o crime e disse que a briga foi por ciúmes. “Os dois começaram a discutir e ele deu uma facada nela com uma faca de mesa. Ele diz que foi somente uma perfuração”, revelou o comandante.

Comentários