Cidade

Strans altera rota de ônibus para funcionamento do Corredor Sul

Confira as mudanças!
Fonte: Strans | Editor: Alinny Maria 13/03/2018 12:04
Ônibus em Teresina Ônibus em TeresinaFoto: Alinny Maria

A partir do próximo sábado, dia 17, o Corredor Sul começa a funcionar e com isso foram necessárias algumas mudanças nos itinerários de algumas linhas de ônibus. Segundo a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), a medida visa proporcionar mais conforto e comodidade para os usuários do sistema.

“Com a implantação dos Corredores de Integração Sul algumas linhas devem se ajustar ao novo sistema, assim estaremos oferecendo um serviço de mais qualidade e com mais segurança para as pessoas”, disse o gerente de Planejamento da Strans, Denilson Guerra.

As linhas Universidade/Circular I e II, que atualmente passam pela Avenida Industrial Gil Martins, passarão a circular pela Avenida Valter Alencar, entre o trecho das avenidas Barão de Gurgueia e Pedro Freitas. No trecho entre as avenidas Joaquim Ribeiro e Miguel Rosa não haverá a circulação das linhas Universidade Circular I e II.

As linhas Rodoviária Circular I e II deixarão de circular pela Avenida Barão de Gurgueia, no trecho que compreende entre as avenidas Nações Unidas e Marechal Juarez Távora, as linhas passarão a circular pelas avenidas Pedro Freitas e Getúlio Vargas seguindo pela Rua Marechal Hermes da Fonseca, via que fica paralela, duas quadras, à Avenida Henry Wall de Carvalho.

As linhas diametral de Timon e Lourival Parente (via avenidas Miguel Rosa e Barão de Gurgueia) permanecerão utilizando os corredores de integração até a conclusão de todo o sistema de integração.

Guerra explica também que alguns carros não têm condição de circular no corredor exclusivo por conta do seu tamanho, por isso foi necessária a mudança no itinerário. “As pessoas não precisam se preocupar, pois iremos fazer a divulgação dessas mudanças em todos os ônibus. Além disso, nosso pessoal e a fiscalização do transporte público estará todo em campo para tirar as dúvidas dos usuários dessas linhas”, acrescentou.

VEJA OS MAPAS COM AS ALTERAÇÕES

Comentários