Política

Situação das barragens é debatida em audiência na Alepi

Diretor do Dnocs, Djalma Policarpo, garantiu que as barragens estão em boas condições
Fonte: Ascom | Editor: Da Redação 20/03/2019 15:07
Audiência Pública Audiência PúblicaFoto: Ascom

A situação das barragens piauienses foi debatida, nesta quarta-feira (20), em audiência pública realizada na Comissão de Infraestrutura e Política Econômica da Assembleia Legislativa. A audiência pública foi proposta pelos deputados Francisco Limma (PT) e Franzé Silva (PT).

O líder governista, Francisco Limma, destaca que a audiência foi solicitada "porque a população piauiense ficou preocupada com a segurança das barragens após a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. O rompimento de uma barragem da Empresa Vale naquele Estado provocou a morte de dezenas de pessoas", conclui o parlamentar.

Durante a audiência pública, foi defendida a implementação de um plano de segurança para prevenir acidentes nas barragens piauienses. O diretor do Idepi, Gerardo Magela, declarou que o órgão tem fiscalizado todas as barragens do Estado e realizado licitações para aplicar melhorias em algumas delas.

O diretor-geral do DNOCS, Djalma Policarpo, garantiu que todas as barragens mantidas pelo órgão estão em boas condições e que foram liberados recursos para a recuperação do Açude Caldeirão, em Piripiri, que tinha problemas estruturais.

Como encaminhamento da audiência pública, o deputado Francisco Limma defendeu a formação de um grupo de trabalho para debater a elaboração de um plano de segurança a fim de evitar o rompimento das barragens existentes no Estado. Limma se manifestou favorável ainda à formação de um comitê popular para acompanhar a situação das barragens, pessoalmente.

A audiência também contou com a presença da presidente do Movimento dos Atingidos por Barragens, Dalila Calixto, e representantes da Defensoria Pública e Ministério Público Estadual.

Comentários