Política

Sindicato critica deputados pela ausência em seminário sobre saneamento na Alepi

O Seminário Regional Nordeste debate a Universalização do Saneamento Básico com Controle Social
Fonte: Piauí Hoje | Editor: Alinny Maria 25/09/2017 11:08
Seminário Regional Nordeste Seminário Regional NordesteFoto: Piaui Hoje

Com o tema “Universalização do Saneamento Básico com Controle Social”, o Seminário Regional Nordeste, que teve início às 9h desta segunda-feira (25), na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), tem o objetivo de solucionar problemas relacionados aos serviços de saneamento em estados da região Nordeste. Mesmo sendo um assunto de extrema importância, nenhum deputado e vereador do Piauí compareceu ao evento.

Francisco Ferreira de Sousa, diretor de finanças do Sindicato dos Urbanitários do Piauí, critica a atitude dos parlamentares. “Parece que não têm compromisso com a sociedade, um evento desse que foi bastante divulgado, fizemos o comunicado a todos os deputados estaduais, deputados federais, vereadores, mas não tem ninguém além do deputado federal representante da Federação Nacional dos Urbanitários que está aqui representando a nível do Brasil. A nível do Piauí não tem ninguém para representar, a não ser os movimentos sociais”, diz o sindicalista.

O saneamento básico em Teresina é feito pela empresa Águas de Teresina e a licitação ainda se encontra em julgamento. Devido a essa situação, o Sindicato dos Urbanitários pediu o apoio da FNU para auxiliar nessa discussão.

Sindicalista Francisco Ferreira de Sousa, diretor de finanças do Sindicato dos Urbanitários do Piauí

A iniciativa é do deputado federal Givaldo Vieira (PT-ES), que atendeu ao pedido da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) e da Frente Nacional de Saneamento Ambiental (FNSA). O evento é coordenado pelo deputado federal João Daniel (PT-SE).

Seminário Regional Nordeste

O encontro reúne lideranças e urbanitários do Piauí, Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Maranhão; além de representantes dos movimentos sociais e religiosos; da FNSA; de Centrais Sindicais e do Sindicato dos Urbanitários do Piauí, apoiadora da atividade.

Seminário Regional Nordeste Deputado federal Givaldo Vieira (PT-ES)
Ainda segundo o sindicalista, o governador Wellington Dias não ouviu a sociedade a respeito da privatização da Agespisa. “É um absurdo 21 bairros ficarem sem água durante três dias. Uma empresa privada não tem condições de explorar um sistema de agua tão complexo como o sistema de Teresina e quem vai pagar todo esse preço é a sociedade, que já está sofrendo as consequências de uma privatização desorganizada e muito malfeita”, diz Francisco Ferreira de Sousa.

Comentários