Política

Servidores recebem certificados de curso de controle interno

Ao todo, 144 servidores estão aptos para atuar nos Núcleos de Controle Interno
Fonte: CGE | Editor: Paulo Pincel 19/02/2018 15:58
Servidores que atuam no controle interno Servidores que atuam no controle internoFoto: CGE

Após a participação em cursos de formação promovidos pela Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE), servidores do Governo do Estado receberão certificados para atuar nos Núcleos de Controle Interno dos órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual.

Ao todo, 144 servidores estão aptos para atuar nos Núcleos de Controle Interno e vão receber os certificados em solenidade no dia 20 de fevereiro, às 8h30, no auditório da Escola Fazendária.

Em dezembro de 2017, o governador Wellington Dias assinou decreto estadual nº 17.526 que reestruturou o sistema de controle interno do poder executivo estadual. O documento determina que para atuar nos Núcleos de Controle Interno, é necessário que os servidores sejam aprovados em curso de formação oferecido pela CGE.

A atividade dos membros dos Núcleos de Controle consiste em gerenciar riscos para evitar falhas e caso ocorra, possam corrigi-las tempestivamente. Para auxiliá-los neste trabalho, a CGE desenvolveu um sistema que tem facilitado as análises de despesas do Poder Executivo. O SINCIN (Sistema Integrado de Controle Interno) é resultado de um processo de padronização metodológica inspirada nas melhores práticas internacionais e traz vários benefícios como a diminuição do tempo de análise de processos de despesas além da padronização dos pareceres.

Para o controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes, os Núcleos de Controle Interno são uma extensão da Controladoria nos órgãos, dessa forma, é importante a capacitação de seus servidores. “O nosso objetivo é padronizar procedimentos, investir em tecnologia da informação para que as manifestações dos controles internos sejam padronizadas, seguras e eficazes para a gestão pública”, destacou.

Comentários