Geral

Serra do Inácio vai receber ações de cidadania do governo

A gerente de articulação territorial da SEPLAN, Patrícia Amália destacou que um dos resultados da visita foi a identificação dos impactos ambientais
Fonte: Ascom Seplan | Editor: Da Redação 17/05/2019 09:52
Reunião definição de ações Reunião definição de açõesFoto: Ascom

A Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), sediou a última reunião de preparatória para o Dia de Cidadania na Serra do Inácio, com a presença da vice-governadora, Regina Sousa, na manhã de quinta-feira (16). A reunião definiu os últimos detalhes da ação que será realizada no dia 27 de maio, com a participação de diversos órgãos e secretarias estaduais.

“A intenção é dar esperança para aquele povo, fazer com que eles sintam que a gente se preocupa com eles. Nós estamos fazendo esse movimento para não ficarmos distantes, já fizemos na páscoa uma ação com a entrega de cestas básicas e dia 27 será o dia de cidadania. Fizemos a pesquisa executada pela Cepro na região, que identificou um número maior de famílias do que estávamos esperando. Muita gente lá não possui os documentos básicos, então temos que levar os órgãos responsáveis para resolver essa situação. A partir de quinta-feira as primeiras equipes já estarão se deslocando para a região. Depois desse evento precisamos pensar em ações estruturantes, como cisternas para as famílias, não só para ter água para beber, mas para produzir, e colocar um técnico permanente da Emater na região, até que eles aprendam as técnicas de produção. O importante é que nós queremos mudar a vida das pessoas da Serra do Inácio, levar dignidade”, relatou a Vice-governadora, Regina Sousa.

A pesquisa realizada pela Seplan avaliou quais os impactos causados pela instalação de grandes empreendimentos, como a implantação das usinas eólicas e mais recentemente, da energia solar, junto as comunidades na Serra do Inácio, Território Vale do Rio Itaím. A ação foi um desdobramento da Romaria da Terra e surgiu como uma demanda apresentada durante visitas das equipes ao Território. A Serra do Inácio está localizada nos municípios de Betânia e Curral Novo, divisa entre os estados do Piauí e Pernambuco.

A gerente de articulação territorial da SEPLAN, Patrícia Amália destacou que um dos resultados da visita foi a identificação dos impactos ambientais da instalação de torres eólicas na região. “A poluição sonora tem causado a migração de animais que não apareciam naquela comunidade, como serpentes peçonhentas e onças, que tem atacado as “criações” das comunidades locais trazendo perigo para os moradores. Outro fator importante é o aumento no número de casos de depressão, decorrentes dessa poluição sonora, principalmente entre as mulheres, mas que também atingem os homens que tem seu sono debilitado por conta do som das turbinas eólicas”.

Entres os dias 2 e 4 de maio a Seplan esteve na Serra do Inácio realizando treinamento com jovens da localidade para aplicação de questionários junto às famílias que moram naquela localidade. Ao todo foram capacitados cinco jovens do Movimento do Pequenos Agricultores (MPA) e 10 de comunidades locais. O trabalho de coleta de dados encerra amanhã, dia 17 de maio.

O assessor técnico da Seplan, Eduardo Batista, relatou que para dar agilidade à coleta de dados, os jovens contam com uma inovação que é a aplicação de questionários no formato digital, com a utilização de tablets. “A utilização do questionário em formato digital facilita bastante na coleta e análise dos dados. Ao final do dia as entrevistas são enviadas para o responsável pela análise dos dados e a partir dos resultados, os dados são encaminhados para projetos de curto médio e longo prazo, para a melhoria da qualidade de vida das famílias” ressaltou Eduardo.

Comentários