Política

Seminário na APPM debate redução de gastos com pessoal

Fonte: Paulo Pincel | Editor: Paulo Pincel 04/06/2017 07:30
Sede da APPM em Teresina Sede da APPM em TeresinaFoto: Paulo Pincel

A Lei de Responsabilidade Fiscal é, hoje, o principal receio dos gestores públicos, por estabelecer sanções administrativas, eleitorais e até criminais para quem a descumpre. Preocupados com a LRF, prefeitos, vice-prefeitos, secretários e diretores de órgãos municipais participam nesta segunda-feira (5), a partir das 8h, no auditório da Associação Piauiense de Municípios (APPM), do Seminário sobre Medidas de Redução e Contenção de Gastos com Pessoal.

“Os municípios vivem uma situação muito delicada. De um lado, a queda de receitas ocasionada pela crise econômica, e do outro, a necessidade de manter serviços essenciais e programas em funcionamento. Tudo isso culmina no extrapolamento dos índices da Lei de Responsabilidade Fiscal”, ressalta Gil Carlos Modesto, presidente da APPM e prefeito de São João do Piauí pelo segundo mandato consecutivo.

Técnicos da APPM, do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) e da Associação dos Contadores Públicos do Piauí (Asconpepi) participam dos debates que prosseguem até o meio-dia da seguda-feira.

Presidente da APPM, Gil Carlos Modesto
Gil Carlos Modesto, presidente da APPM e prefeito de São João do Piauí Foto: Paulo Pincel

Comentários