Política

“Sem reforma, 19 estados estarão em colapso até 2022”, diz Wellington Dias

Confira a entrevista do governador Wellington Dias ao site Metrópoles
Fonte: Metrópoles | Editor: Da Redação 14/04/2019 17:39
Governador do Piauí, Wellington Dias Governador do Piauí, Wellington DiasFoto: CCom

Em entrevista ao site Metrópoles, o governador Wellington Dias (PT), se mostrou mais uma vez que é contra o texto da reforma da Previdência apresentado pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) e propôs ainda que o Congresso trabalhe pautas que promovam o crescimento da economia e geração de emprego.

Dias defende que a Casa construa uma proposta alternativa de mudança nas regras da aposentadoria, sob pena de colapso das contas públicas. O governador do Piauí destaca que caso o governo não se atente a uma reforma e ao desenvolvimento econômico, ao menos 19 estados brasileiros, em seu cálculo estimado, entrarão em colapso até 2022.

“Não estou falando de muito tempo não. Estou falando de agora. E não é só a questão da Previdência. Tem que ter Previdência e tem que ter a capacidade de fazer a economia crescer”, alerta o governador na entrevista.

Wellington Dias disse ainda que o país não pode parar devido à reforma da Previdência. “A pauta do povo não pode ser só Previdência. Temos que cuidar da Segurança, temos que cuidar da pauta da Economia, acelerar o crescimento, gerar emprego, gerar renda. Precisamos cuidar da pauta da Saúde. Estamos tendo um certo retrocesso em algumas áreas. A Educação passa por um momento delicado, o que afeta a parte social”, ponderou Dias.

Comentários