Concursos

Seduc faz levantamento para nomear concursados

Na área da educação, novas nomeações somente podem ser realizadas para repor vagas decorrentes de aposentadoria e falecimento
Fonte: CCOM | Editor: Da redação 01/03/2018 12:53
Rejane Dias Rejane DiasFoto: Reporter10

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), manterá o cronograma de nomeação dos concursados do edital nº 003/2014, conforme acordado no início do ano de 2017.

Devido ao Estado ter ultrapassado o Limite Prudencial dos gastos com pessoal, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) impõe uma série de restrições, inclusive, novas nomeações, via de regra. Por isso, na área da educação, novas nomeações somente podem ser realizadas para repor vagas decorrentes de aposentadoria e falecimento, conforme LRF, art. 22, parágrafo único, IV.

“Estamos agora finalizando a quantidade de aposentadorias e falecimentos ocorridos em 2017 para que as nomeações possam ser efetivadas durante este ano de 2018”, garante a secretária de Estado da Educação, Rejane Dias.

Durante a atual gestão, a Seduc convocou cerca de 1.500 professores, além de nutricionistas para atuarem na rede estadual de ensino. Em 2015, foram nomeados 653 professores e 34 nutricionistas, em 2016 foram mais 95 nomeações de professores.

A secretária esclarece que, no início de 2017, foram nomeados 327 professores e 03 nutricionistas, no mês de agosto mais 400 professores e 09 nutricionistas foram convocados e, fechando o ano, foram convocados mais de 300 novos professores concursados.

“Temos feito um esforço para fortalecer a educação do nosso estado, que é uma das que mais cresce no Brasil. Mesmo com a delicada situação financeira que estamos atravessando, o governo vem cumprindo o cronograma de convocações e nomeações e nesse ano não será diferente”, finaliza Rejane Dias.

Comentários