Cultura

Secult promove capacitação em edital de cinema no Teatro Torquato Neto

Fonte: Governo do Piauí | Editor: Redação 27/09/2017 13:32
Secult promove capacitação em edital de cinema no Teatro Torquato Neto Secult promove capacitação em edital de cinema no Teatro Torquato NetoFoto: Ascom

A oficina de capacitação para o primeiro edital de audiovisual do Piauí aconteceu nesta quarta-feira (27), no complexo Teatro Torquato Neto/Club dos Diários. Participaram da abertura os ministrantes da oficina o cineasta Pola Ribeiro, e a assessora da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Maria Cláudia Cabral, o colaborador do edital César Crispim e o secretário estadual de Cultura, Fábio Novo.

A oficina visa orientar e esclarecer dúvidas acerca do edital que irá contemplar 20 projetos, dentre as categorias de animação, ficção e documentário. Serão investidos R$ 6 milhões em recursos da Ancine e do Tesouro Estadual, através do Programa de Trabalho – Democratização e Difusão das Artes Criativas e da Cultura Piauiense.

“O setor de audiovisual, mesmo com a crise que estamos vivendo, é um setor que cresce e que tem recursos. A Ancine tem orgulho em ter o Piauí no nosso mapa e é importante para o público local ver seu sotaque na tela, é uma forma de sair desse eixo Rio-São Paulo”, comenta a assessora na Secretaria de Políticas de Financiamento da Ancine, Maria Cláudia Cabral.

O edital tem o intuito de apoiar projetos independentes de obras audiovisuais, com relevância artística e cultural, através de conceito, conteúdo e capacidade de preencher lacunas sociais, culturais e históricas. Os filmes devem ser inéditos e serão aceitos projetos dos gêneros de ficção, animação e documentário.

“Nós temos alguns projetos e festivais na área do teatro e da música e só faltava na área do audiovisual. Com esse apoio da Ancine, agora nós podemos abrir caminhos para mais editais e mais produções locais de qualidade”, afirma o secretário estadual de Cultura, Fábio Novo.

As inscrições para o edital devem ser feitas até do dia 30 de outubro, na sede da Secult ou pelo envio da documentação através dos correios.

Comentários