Educação

Secretária de Educação de Baixa Grande do Ribeiro utilizará creches de Teresina como modelo

Arlete Boson veio do Sul do Piauí para conhecer a estrutura das escolas da capital
Fonte: PMT | Editor: Redação 25/01/2018 10:55
Foto FotoFoto: Ascom

“Encantadores” foi como a secretária municipal de Educação do município de Baixa Grande do Ribeiro descreveu os Centros Municipais de Educação Infantil de Teresina que visitou esta semana. Arlete Boson veio do Sul do Piauí para conhecer de perto a estrutura das escolas de educação infantil da capital e utilizar o modelo nas creches do seu município.

A secretária e sua equipe visitaram os CMEIs Joel Mendes e Thereza Christina, ambos localizados no Centro, acompanhada da coordenadora das escolas de educação infantil de tempo integral da Secretaria Municipal de Educação (Semec) de Teresina, Ana Virgínia. A coordenadora apresentou toda a estrutura física e também o modelo de gestão, chamando atenção para o formato moderno das novas escolas construídas.

Segundo Arlete, a indicação para conhecer as creches da capital veio de outros gestores que já utilizam as escolas municipais de Teresina como inspiração. A primeira creche de Baixa Grande do Ribeiro será inaugurada em março e deve atender cerca de 200 crianças de 2 anos de idade. “O ensino de Teresina é referência, amigos já tinham me falado que as creches da capital são muito boas, então tive que conhecer para me inspirar. Fiquei encantada, parecem escolas particulares, quero levar isso para o nosso município”, declarou.

A visitante anunciou também que pretendem ampliar o atendimento de berçário em breve e aproveitou para tirar dúvidas com as diretoras dos CMEIs. A troca de experiências despertou na gestora municipal novas ideias. “Os detalhes e o cuidado com as crianças me chamaram muita atenção, então vou manter o contato, quero que nossas professoras conheçam o trabalho que as professoras desenvolvem nessas creches. Sem dúvidas, a visita nos dá um horizonte de como começar fazendo muito bem feito”, finaliza Arlete.


Comentários