Política Nacional

Romero Jucá é hostilizado durante voo de Brasilia a São Paulo

Senador levantou da poltrona para tentar tomar o celular das mãos da passageira
Fonte: O Globo | Editor: Paulo Pincel 30/11/2017 10:58
Romero Jucá em voo de Brasília para São Paulo Romero Jucá em voo de Brasília para São PauloFoto: Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma discussão entre o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e uma passageira durante um voo comercial de Brasília para São Paulo nesta quarta-feira. As imagens foram gravadas pela própria passageira, que abordou o político citando uma gravação feita pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e divulgada em maio do ano passado.

No áudio, o peemedebista sugere que uma “mudança” no governo, então comandado por Dilma Rousseff, resultaria em um pacto para “estancar a sangria” atribuída à Operação Lava-Jato. Na época, o senador era ministro do Planejamento, mas deixou o cargo depois da revelação dos áudios na imprensa.

- Gente, o Jucá do grande acordo nacional, com o Supremo, com tudo. E ai, tudo bem? - diz a passageira.

Irritado com a provocação, o senador chega a levantar da poltrona e tenta pegar o celular das mãos da passageira. Um outro vídeo, gravado por um homem no assento localizado atrás de Jucá, também registrou a discussão.

- Olha não me agride. Especialista em acordo nacional. Como é que está funcionando o acordo para a reforma da Previdência, pra reforma trabalhista? - responde a mulher, que critica as reformas propostas pelo governo do presidente Michel Temer e a PEC do teto dos gastos públicos.

- Vocês quebraram o Brasil, e nós estamos recuperando - rebate o senador.

Ao fim do vídeo, a passageira é abordada por um funcionário da companhia aérea. Antes disso, sugere que o senador viaje de "jatinho particular".

- O senhor conseguiu estancar a Lava-Jato, foi? Salvou seus amigos canalhas? Vai acabar o seu sossego. Quer viajar? Vai viajar com jatinho particular - afirma a mulher.

Romero Jucá está em viagem à China. A assessoria do senador informou que a mulher que aparece no vídeo já foi identificada, e o parlamentar avalia com seus advogados se tomará alguma medida.

Comentários