Ciência & Tecnologia

Restos do meteoro que dizimou os dinossauros é encontrado em Pernambuco

Mesmo longe do local da queda, pode ser encontrado os requícios desse impacto, no município de Paulista, em Pernambuco
Fonte: Noticias ao Minuto | Editor: Redação 14/07/2017 09:24
Meteoro MeteoroFoto: Mistérios Inexplicáveis - WordPress.com

Há 65 milhões caiu na terra, mais precisamente na península de Yucatán, no México, um meteoro que dizimou a era dos dinossauros em nosso planeta. Porém, mesmo longe do local da queda, pode ser encontrado os requícios desse impacto, no município de Paulista, em Pernambuco. Os interessados em geologia, ciência e história podem conferir na pedreira Poty, que tem em suas minas microesférulas (grãos de vidro microscópicos) e quartzos de impacto produzidos pelo calor gerado no momento da colisão no México. Na ocasião, estes objetos foram lançados na atmosfera e posteriormente caíram ali, no Nordeste brasileiro.

Como mostrou a reportagem no portal UOL, esta mudança de era geológica é caracterizada pela sequência sedimentar em rochas que abriga fósseis de vertebrados marinhos destes diferentes períodos. É por meio da datação destes fósseis que os pesquisadores podem concluir que o local registra esta transição de eras --trata-se da primeira localidade da América do Sul a apresentar estas marcas geológicas. O geólogo Gilberto Albertão fez a descoberta, no final dos anos 1980, quando pesquisava para seu mestrado pela Universidade Federal de Ouro Preto.

"O objetivo da tese era verificar se em alguma bacia sedimentar brasileira nós encontrávamos evidências físicas e biológicas dessas extinções no final do período Cretáceo e essas anomalias geoquímicas e físicas que também são observadas coincidentemente neste período", afirma o geólogo, que atua na Petrobras.

Comentários