Cidade

Restaurante Popular comemora três anos de reabertura

Uma programação especial foi realizada ontem (07)
Fonte: Prefeitura de Teresina | Editor: Redação 08/07/2017 12:06
Restaurante Popular de Teresina é uma opção barata por servir comida de qualidade Restaurante Popular de Teresina é uma opção barata por servir comida de qualidadeFoto: Reprodução

Na manhã desta sexta-feira (7) foi de comemorações no Restaurante Popular, localizado no Centro de Teresina. As celebrações marcaram a reabertura do espaço, que completou três anos no último sábado (1°). O secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), Samuel Silveira, esteve presente no local e elogiou o trabalho desenvolvido por 17 profissionais, que oferecem cerca de mil refeições por dia.

Diariamente, 5% das refeições produzidas são distribuídas para moradores de rua no Centro de Teresina. Além disso, o Restaurante Popular é administrado pela Fazenda da Paz, unidade que tem convênio com a Prefeitura de Teresina por meio da SEMCASPI.

A comemoração contou com a apresentação da Orquestra Sanfônica de Teresina, além de outras apresentações artísticas. “É uma data muito especial, em que reafirmamos o compromisso de promover parcerias importantes promovidas pela SEMCASPI, como a da Fazenda da Paz, para contribuir com o bom trabalho do Restaurante Popular. É um espaço que já registra números importantes no atendimento à população que transita aqui pelo Centro”, declara o secretário Samuel Silveira.

Com uma área de 1.146 metros quadrados o espaço conta com refeitório, composto por 55 mesas, e tem capacidade para receber 286 pessoas ao mesmo tempo. O preço bem popular - R$ 2,00 por refeição - é um dos motivos do grande número de pessoas que almoçam no local, que fica aberto ao público de segunda a sexta, das 11h às 14h.

Dona Luizinha Morais é usuária assídua do Restaurante Popular. “Eu venho aqui direto e sempre gostei da alimentação e do atendimento. O restaurante me auxilia muito, porque não preciso ir até a minha casa, na zona Norte, para almoçar. Já resolvo tudo aqui mesmo no Centro”, finalizou a dona de casa.

Comentários