Entretenimento

Repórter que denunciou Datena por assédio desiste da profissão

Para a profissional Bruna Drews, o apresentador a via como um "pedaço de carne"
Fonte: Noticias ao minuto | Editor: Redação 21/01/2019 08:40
Datena DatenaFoto: Reprodução

A repórter Bruna Drews não ter qualquer perspectiva de voltar a trabalhar com o jornalismo desde que fez uma denúncia formal no Ministério Público contra o apresentador Brasil Urgente, da Band, José Luiz Datena.

"Depois do assédio, caí totalmente. Eu pensei: Caramba, estou trabalhando com um cara que não me vê como profissional, mas como um pedaço de carne", afirmou.

Ao site 'Notícias da TV', Bruna disse que foi "cantada" diversas vezes por Datena ao vivo. A repórter revelou que só não deixava o programa por conta do salário, mas o cenário piorou em junho do ano passado, quando Datena teria dito que ela não precisava emagrecer porque já "era muito gostosa", que teria se masturbado pensando nela diversas vezes e que achava "um desperdício" a profissional "namorar uma mulher".

"Eu não consegui trabalhar mais. Comecei a ter ataque de pânico ao entrar em link com ele [Datena]. Cortava caminho para não ter que cruzar com ele. Só aguentei duas semanas, até o dia em que tive um ataque de pânico ao entrar na Band", revelou Bruna.

De acordo com a reportagem, Datena nega as acusações. O processo corre em segredo de Justiça.

Comentários

Apoio: