Cidade

Remada SOS Rio Poti abre a Semana do Meio Ambiente

Fonte: PMT | Editor: Da Redação 05/06/2017 12:44
Remada SOS Rio Poti Remada SOS Rio PotiFoto: Divulgação

A Semana do Meio Ambiente em Teresina foi aberta nesse domingo, 4, com a Remada SOS Rio Poti, que reuniu cerca de 30 praticantes de Caiaque e Stand Up Paddle (SUP), modalidades de esportes náuticos a remo.

A ação teve como proposta sensibilizar a população sobre a necessidade de preservar nossos rios. O percurso foi de aproximadamente dez quilômetros, entre os Parques Potycabana e Zoobotânico.

Para gestor da Semam, Olavo Braz, as questões ligadas ao meio ambiente devem ser cada vez mais discutidas nas múltiplas esferas da população, levantadas das várias maneiras, como forma de sensibilizar sobre a importância de preservar nossos recursos naturais, um bem de todos.

“A nossa aventura é na água, então nada mais coerente do que participarmos de uma ação como essa, que busca chamar atenção para a questão do cuidado com nossos recursos hídricos. Não adianta só cobrar do poder público, nós também devemos fazer nossa parte”, pontua Régio Borges, presidente do The Clube do Remo, que possui 54 integrantes.

Praticante do SUP, Osmar Ferreira destaca que a iniciativa da remada foi uma boa forma de abrir a Semana do Meio Ambiente. “Precisamos preservar essa riqueza natural, tanto para nós quanto para as futuras gerações. A iniciativa de organizar essa remada em comemoração a Semana do Meio Ambiente foi muito louvável”, considera o esportista, que afirma fazer o mesmo percurso da remada todo fim de semana.

Programação

A programação da Semana do Meio Ambiente em Teresina segue hoje e amanhã (6), com “I Fórum do Meio Ambiente: Gestão Ambiental: resultados, atribuições e competências”, que está sendo realizado no Instituto Federal do Piauí (IFPI) - Campus Central. A programação inicia às 8 horas e se estende até o fim da tarde, no auditório Maestrina Clóris de Oliveira. A programação inclui palestras, debates e mesas redondas sobre diversas temáticas na gestão pública ambiental.

Comentários