Mundo

Refugiados são mortos pelos órgãos para pagar dívidas com traficantes

Pessoas são vendidas por cerca de 15 mil euros
Fonte: Notícias ao Minuto | Editor: Redação 12/07/2018 14:06
Refugiados RefugiadosFoto: TVI24 - IOL

Os imigrantes e refugiados que não têm dinheiro para pagar aos traficantes a travessia do Mediterrâneo estão sendo mortos pelos seus órgãos, revelou um criminoso que foi detido pela polícia italiana. Segundo o The Independent, Nuredein Wehabrebi Atta, que foi condenado a cinco anos de prisão, disse que os imigrantes “eram vendidos por cerca de 15 mil euros a grupos, particularmente de egípcios, que estão equipados para recolherem os órgãos”.

O testemunho de Atta ajudou as autoridades italianas a acabarem com uma rede de tráfico de imigrantes, com a polícia a deter 38 pessoas que estavam envolvidas nessa rede. Devido às suas informações Atta vai ser colocado num programa de proteção de testemunhas. O antigo traficante de pessoas decidiu falar agora devido ao número elevado de imigrantes que estão morrendo ao tentarem viajar de África e do Médio Oriente para a Europa.

Comentários