Política

Reformas: Regina defende uma Constituinte

A senadora esclareceu pontos polêmicos da Reforma da Previdência e cobrou maior participacao da populacao
Fonte: Ascom gab. parlamentar | Editor: redacão 11/09/2017 08:47
Reunião de Trabalho Reunião de TrabalhoFoto: Ascom

"Estão liquidando o Brasil", observou a senadora Regina Sousa durante palestra proferida na Camara de Vereadores de Demerval Lobao na noite desse sabado, 09, sobre a conjuntura politica nacional e as reformas.

A parlamentar citou o programa Farmácia Popular que foi extinto pelo atual governo e políticas sociais importantes como moradia, ciência e tecnologia, direitos humanos, dentre outras, que estão ameaçadas a comecar pelo congelamento e corte de investimentos na area social por uma prazo de 20 anos. "O objetivo é realmente destruir tudo o que foi feito para os mais pobres", afirma.

A senadora esclareceu pontos polêmicos da Reforma da Previdência e cobrou maior participacao da populacao no acompanhamento dos debates. Ela defende a criacao de uma Constituinte para tratar das reformas necessarias ao Brasil. A Assembleia Constituinte é um organismo criado dentro da ordem política e institucional de um Estado, dotado de plenos poderes, para propor uma reforma ou a criação de uma nova Carta Magna. Geralmente, ela é composta a partir da eleição de representantes específicos para este fim e é diluída quando conclui seus trabalhos. "Poderia dar um prazo de um ano para a apresentacao das propostas", sugere.

No Brasil, a última Assembleia Constituinte instaurada foi justamente a que apresentou o texto da Constituição Federal de 1988, que vigora até hoje.

Comentários