Política

Reforma trabalhista será modificada pelo Senado, prevê Regina Sousa

Fonte: Redação | Editor: Paulo Pincel 15/05/2017 08:29
Senadora Regina Sousa, presidente da Comissão de Direiros Humanos do Senado Federal Senadora Regina Sousa, presidente da Comissão de Direiros Humanos do Senado FederalFoto: Assessoria

A presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, Regina Sousa (PT-PI), acredita que a reforma trabalhista, que ela chama de “autorização para a volta do trabalho escravo no país”, será aprovada, mas com modificações nas comissões técnicas da Casa antes de ir a Plenário.

"A reforma trabalhista passará pelo Senado não sem grande dificuldade, terá dificuldade, mas como é maioria simples, então a gente não conta que possa derrotá-la. Certamente haverá no Senado alguma modificação da atual proposta que representa a autorização para a volta do trabalho escravo. Esse país resgatou em 20 anos, 52 mil trabalhadores da escravidão. Com esta lei o trabalho escravo vai voltar", lamentou a senadora, que tem percorrido o Piauí debatendo as propostas em discussão no Congresso, inclusive as reformas trabalhista e da Previdência.

Regina Sousa lembra que a proposta vai ser amplamente debatida no Senado, antes da votação pelos senadores. “Serão seis debates. Agora que estamos no primeiro. Esse é o tempo que precisamos para esclarecer a população”, acredita.

Comentários