Política

Reforma administrativa começa a tramitar nas comissões da Alepi

O presidente da CCJ, Wilson Brandão, distribuiu as mensagens aos relatores
Fonte: Alepi | Editor: Paulo Pincel 26/02/2019 11:14
O presidente da CCJ, deputado estadual Wilson Brandão (Progressistas) O presidente da CCJ, deputado estadual Wilson Brandão (Progressistas)Foto: Caio Bruno/Alepi

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) se reuniu na manhã desta terça-feira (26) na Assembleia Legislativa e o principal questionamento feio ao presidente da Comissão, deputado Wilson Brandão (PP) foi quando as mensagens que compõe o Projeto de Reforma Administrativa entrarão em pauta .

“Na CCJ até o dia 26 de março nós queremos estar com todas as matérias concluídas. Próxima semana já é carnaval, mas a partir do dia 12 de março voltaremos com as reuniões da Comissão. Hoje já iniciamos a distribuição, inclusive das matérias da reforma administrativa, e na reunião do dia 12 já poderemos ter relatórios prontos para discussão ou até votação”, disse o presidente.

Segundo Brandão, quatro mensagens com compõe a Reforma já foram distribuídas aos deputados relatores. A mensagem nº 1 terá como relator o Deputado Zé Santana (MDB); a mensagem nº 2, o deputado Francisco Limma (PT); a mensagem nº 4, será relatada pelo deputado Hélio Isaías (PP) e a mensagem nº 7 pelo deputado Henrique Pires (MDB). O projeto da Reforma é composto ao todo por sete Mensagens.

“Queremos votar essas matérias o mais rápido possível dar andamento aos projetos que estão na CCJ”, finalizou o deputado Wilson Brandão.

Manifestações – Manifestações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública do Piauí (SINTE) e dos aprovados no último concurso da Polícia Civil do Estado marcaram a manhã na Assembleia Legislativa. Eles cobram dos deputado e do Governo do Estado uma posição sobre o reajuste dos professores e a convocação dos aprovados, respectivamente.

“As manifestações fazem parte da democracia. Cada categoria luta pelos seus direitos. Nós já temos alguns pedidos de reunião, e amanhã receberei em meu gabinete o SINTE. Nós vamos tentar debater os melhores caminhos para solucionar os problemas apresentados pelas categorias”, disse o deputado Wilson Brandão.


Comentários

Apoio: