Saúde

Rede Feminina promove ação de prevenção contra o câncer de pele no Shopping da Cidade

A ação faz parte do Projeto Alertar, que tem como objetivo informar a população sobre os principais aspectos do câncer
Fonte: Piauihoje | Editor: Da Redação 27/11/2017 19:50
Rede Feminina Rede FemininaFoto: Ascom

Os permissionários do Shopping da Cidade, localizado no Centro de Teresina, receberam um kit de prevenção contra o câncer de pele nesta segunda-feira (27), Dia Nacional de Combate ao Câncer, em uma blitz promovida pela Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí (RFCC/PI). A ação faz parte do Projeto Alertar, que tem como objetivo informar a população sobre os principais aspectos do câncer, fatores de risco, tratamento e prevenção por meio de várias ações. As voluntárias da instituição, em parceria com o Lions Clube de Teresina 8 de Outubro e Farmácias Galeno, distribuíram um panfleto informativo e sachês de protetor solar.

De acordo com a voluntária e coordenadora do projeto, Tânia Cardoso, o Dezembro Laranja é o mês de prevenção do câncer de pele, mas a Rede Feminina decidiu começar a campanha uma semana antes para aproveitar o Dia Nacional de Combate ao Câncer e atingir o máximo de pessoas com informações.

“A Rede Feminina começou no final do mês de novembro chamando atenção da sociedade, porque o câncer de pele é muito presente, está em primeiro lugar até mesmo a frente do câncer de próstata. Então, nós temos que nos preocupar também com esse tipo de câncer. A gente tende a prevenir o câncer de mama, de colo de útero, mas as pessoas devem ter consciência do avanço do câncer de pele. E aqui no Shopping da Cidade podemos atingir centenas de pessoas com essas informações”, explicou a voluntária.

Ainda segundo Tânia Cardoso, o local foi escolhido estrategicamente por ser amplo e por alcançar vários tipos de públicos. “O câncer é bem democrático. Não escolhe cor, idade, classe social, então nós vamos atingir todos os públicos. As pessoas até estranham quando a gente chega para falar sobre esse tipo de câncer, porque não é muito divulgado, as pessoas não conhecem e não se previnem. A prevenção é feita com o uso do protetor solar, algo acessível”, explicou a coordenadora.

O permissionário Marcos José gostou da iniciativa e revelou que há três anos foi diagnosticado com câncer de pele. Por conta disso, começou a tomar cuidados que antes não dava importância.

“Eu descobri o câncer depois que vi na televisão. Eu coçava muito, o local ficou rosado e com uma salmoura em cima. Quando cheguei no médico foi constatado que era câncer de pele. Eu pegava muito sol quando morava em Luís Correia e não tinha essa preocupação, nem sabia que podia pegar esse tipo de câncer. Hoje eu me cuido, passo protetor solar e de seis em seis meses vou ao médico. Gostei da iniciativa, porque as pessoas precisam saber, muita gente ainda não tem conhecimento”, declarou o comerciante.

Ações como essa, além de palestras e campanhas acontecem ao longo de todo do ano. A Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí atua na luta social do combate ao câncer desde 1986.

Comentários